AF-Portalegre-aposta-no-Feminino
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

No âmbito do projecto #SouJogadora, e a pensar no crescimento do número de atletas do sexo feminino, a Associação de Futebol de Portalegre vai criar duas novas competições para a próxima época desportiva.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Depois de nesta época ter alcançado o maior número de sempre no que respeita às atletas do sexo feminino no Alto Alentejo, a Associação de Futebol de Portalegre confirma assim a sua aposta no crescimento do número de jogadoras, quer no futebol quer no futsal, com a criação de duas competições, nos escalões de sub-11 e sub-17.

Os bons resultados e exibições das Selecções Sub-17 nas competições realizadas este ano, bem como o potencial demonstrado pela recém-criada Selecção Sub-11 criam boas expectativas no que respeita ao sucesso desta aposta, que nasce de um projecto articulado entre a Directora Técnica Regional, Inês Rasquilha, e a Direcção da Associação de Futebol de Portalegre.

“Acreditamos que temos qualidade para ter duas excelentes competições de futebol e futsal feminino e sentimos que a sua criação vai atrair ainda mais crianças e jovens para as nossas modalidades. Para além disso, vamos continuar a ir às escolas e apresentar o nosso projecto, conquistando cada vez mais jogadoras”, refere a Directora Técnica Regional da Associação de Futebol de Portalegre, Inês Rasquilha.

Entusiasmado com o projecto, o presidente da Direcção, Daniel Pina, acrescentou ainda que, no âmbito das medidas de combate aos efeitos da pandemia do Covid-19, a Associação de Futebol de Portalegre vai criar apoios extraordinários para os clubes que apostem igualmente na criação destas equipas, e que contribuam assim para o sucesso desta iniciativa e para o crescimento do futebol e do futsal feminino no Alto Alentejo.