Publicidade   
   Publicidade   

Uma semana, cinco jogos, uma prestação fantástica da Selecção Sub-14 de Futebol Feminino da Associação de Futebol de Portalegre (AFP) no Torneio Interassociações que se realizou, entre 8 e 12 de Abril, na cidade de Castelo Branco.

Os treinadores Arménio Pinto e Mauro Santos tinham prometido que a Selecção ia “dar trabalho” às adversárias. Deu e de que maneira. Numa competição em que participaram 21 associações de futebol de todo o País, a turma de Portalegre conquistou um histórico oitavo lugar e realizou cinco jogos de encher o olho, com muitos golos e bons momentos de futebol.

Torneio Interassociações SUB14 – Futebol Feminino
AF Portalegre

O sonho portalegrense começou logo na estreia, com uma vitória frente a uma das maiores associações do País. Portalegre venceu a AF Porto por 2-1 com golos da capitã, Inês Peixe, e da mais jovem jogadora da equipa, Mariana Grilo que, com apenas 12 anos, foi a melhor marcadora da Selecção nesta competição.

No segundo dia, num dos jogos mais emocionantes do Torneio, Portalegre esteve sempre em desvantagem e conseguiu igualar a partida a quatro bolas. Estava confirmada a presença de Portalegre entre as melhores oito equipas do torneio.

Na Liga de Ouro, Portalegre conheceu por três vezes o sabor da derrota. Primeiro num jogo emocionante com a AF Viana do Castelo, que esteve a vencer por três zero, viu Portalegre empatar na segunda parte e acabou por vencer na sequência de uma bola parada a um minuto do final. Depois veio Leiria. Portalegre entrou a vencer, consentiu a reviravolta e voltou a igualar a partida, tendo sofrido o 3-2 nos instantes finais.

No jogo de despedida, frente à AF Algarve, Portalegre recuperou de um 2-0 e levou o jogo para grandes penalidades, onde a turma algarvia foi mais feliz.

Numa prestação histórica, Portalegre garantiu muito mais do que um oitavo lugar em 21 selecções. Garantiu cinco grandes espectáculos de futebol, despertou a atenção de todas as equipas em competição, afirmou o seu futebol feminino e mostrou o potencial de um grupo de jovens humildes, talentosas, unidas e determinadas, que deram tudo e honraram a camisola da Associação de Futebol de Portalegre.

No final da competição, Arménio Pinto e Mauro Santos estavam orgulhosos da prestação da Selecção e assumiram que, embora conhecessem a qualidade do grupo, “a equipa superou as expectativas”. Agradecendo a todos os que integraram a comitiva e a todos os familiares que, diariamente, estiveram em Castelo Branco para apoiar as jovens, os treinadores não pouparam elogios a um grupo “espectacular”, que revelou “muita qualidade e maturidade”, e que demonstrou “um comportamento fantástico dentro e fora das quatro linhas”.

A Direcção da AFP felicita os técnicos e a restante comitiva, as famílias e os amigos – que foram sempre o oitavo jogador – e principalmente as guerreiras da nossa Selecção Sub-14, pela enorme demonstração de bravura e por serem embaixadoras da qualidade do futebol feminino no Alto Alentejo.