12º Comité-de-acompanhamento
   Publicidade   
   Publicidade   

A 12ª.reunião do Comité de Acompanhamento do Programa Operacional regional ALENTEJO 2020, decorreu em Borba, no dia 11 de Dezembro.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

O Comité de Acompanhamento, responsável por fazer o acompanhamento do Alentejo 2020 é composto por um conjunto alargado de actores, relevantes para a Região, dos quais se destacam representantes de Instituições Públicas e dos Municípios, de Instituições de ensino superior, de parceiros económicos e sociais e de organismos intermédios, que colaboram com a Autoridade de Gestão, em áreas específicas de intervenção.

No início da ordem de trabalhos, foi apresentado o ponto de situação da execução do Programa, sendo destacado, pela Autoridade de Gestão, o cumprimento da regra N+3, superada aliás  em largos milhões de euros,  o que faz com que o Alentejo  não perca, frisou o Presidente da Comissão Directiva, Roberto Pereira Grilo, um euro dos fundos que lhe estão afectos.

O Presidente da Comissão Directiva referiu ainda, como motivo de satisfação, a certificação do encerramento do anterior período de programação.

Ainda neste ponto, foram apresentados aos membros do Comité, exemplos  de Projectos Emblemáticos, apoiados por Fundos da União Europeia: – O “BIOSURFIT”, Imunoensaios de elevada performance, para diagnóstico, na área da saúde; O “Museu de Arqueologia e Etnografia de Elvas” e ainda a “Requalificação da Fortificação Abaluartada de Campo Maior”.

No ponto de avaliação, além dos resultados apresentados, referiram-se  Lições de Experiência, tendo sido explanados dois balanços da experiência vivida, por duas entidades: a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIM LT) e a ESDIME ( Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste, CRL). Estas lições de experiência e as reflexões por elas suscitadas, deverão ser tomadas em consideração na preparação e negociação do Quadro Financeiro Plurianual da União Europeia, 2021-2027.