©Elvasnews
   Publicidade   
   Publicidade   

O segundo corso do Carnaval Internacional de Elvas saiu para as ruas na tarde deste domingo, 7 de Fevereiro, com muita cor, alegria e animação, tendo integrado o cortejo, para além das nove associações de Elvas, com os respectivos carros alegóricos, centenas de foliões espontâneos.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Momentos de muitas coreografias e música carnavalesca, marcaram este segundo desfile, cujo percurso passou pela Avenida Garcia da Orta, Portas de Olivença, Rua de Olivença, Rua da Carreira, Rua da Cadeia, Largo da Misericórdia, Rua Alferes Cristóvão Pinto e Praça 25 de Abril e terminou no Viaduto.

O último carro deste corso foi o dos reis do carnaval, João Tenreiro e Soraia Branco, dois fadistas elvenses que ao longo do desfile foram distribuindo sorrisos, acenos e muita animação a todos os que assistiram ao cortejo.

©Elvasnews
©Elvasnews

O Rei deste Carnaval afirmou ter “sido de bom grado o convite feito pelo meu amigo Nuno Mocinha”, acrescentando ter sido “com amizade, que aceitei este desafio”, que também é importante para “acrescentar ao meu currículo”. Para o rei foi “o reconhecimento por ter levado o nome de Elvas até à Ásia, com o fado, um símbolo de Portugal. Hoje estou aqui acompanhado da guitarra, também ela um símbolo nacional, e estou muito contente e muito satisfeito”.

Por sua vez a Rainha, Soraia Branco, referia ter sido “com grande orgulho que aceitou este convite, que foi o reconhecimento, por parte da Câmara Municipal de Elvas, ao facto de ter levado o nome da cidade a outro continente. Estou muito feliz com o convite da autarquia para ser rainha deste grande evento”.

Amanhã, segunda-feira, pelas 22 horas, há gala coreográfica, no Coliseu Comendador Rondão Almeida, em Elvas.