Bancos são obrigados a adaptar-se à realidade da Covid-19 para ter sucesso
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

É urgente que os chamados “bancos tradicionais” se adaptem à nova realidade e ao status quo que foi potenciado pela pandemia da Covid-19. Esta é uma das principais conclusões do relatório “Banca Digital: O novo paradigma dos canais digitais”, lançado pela Xpand IT, tecnológica portuguesa especializada em Big Data, BI & Analytics, Data Science, Middleware, Digital Xperience e Soluções de Colaboração.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

O relatório, produzido pela unidade de Digital Xperience da Xpand IT, surgiu na sequência de um painel de discussão promovido pela empresa, e que contou com a participação de representantes de bancos como o Crédito Agrícola, o Novo Banco e o Millennium BCP.

As conclusões revelam que as empresas da banca que não estavam preparadas para apresentar alternativas digitais eficientes num curto espaço de tempo tiveram dificuldades em conseguir chegar de forma eficaz aos seus clientes, e que as vantagens competitivas que tinham anteriormente podem também ter perdido alguma relevância nesta nova realidade.

Por esse motivo, tornar-se digital já não é uma escolha, mas uma necessidade, já que os bancos apenas vão conseguir manter-se competitivos e manter a sua presença no mercado bem como a sua carteira de clientes caso se transformem e se adaptem a esta nova realidade.

Desta forma, segundo o relatório, os canais digitais devem tornar-se a principal prioridade para qualquer negócio: as ferramentas digitais sobrevivem a mudanças de contexto ou crises. Ferramentas como os agentes virtuais, por exemplo, poderão ser fundamentais para ajudar as empresas a funcionar à distância enquanto outros colaboradores possam estar mais focados noutras áreas do negócio. Assim, num futuro muito próximo, as interacções dos clientes com os seus bancos serão cada vez mais digitais e mais personalizadas, mesmo que as localizações físicas continuem a assumir um papel específico na interacção dos clientes com a marca.

Sérgio Viana, Partner & Digital Xperience Lead da Xpand IT, afirma: “Nos últimos anos, o impacto da inovação tecnológica tem-se feito sentir em vários sectores e tal também acontece na banca. Neste relatório, procurámos analisar os vários desafios deste sector, dadas as actuais circunstâncias, e as múltiplas oportunidades que a tecnologia traz e que ficaram particularmente evidentes neste período. Fica cada vez mais claro que a inovação estará intrinsecamente ligada à capacidade de as empresas tirarem partido das vantagens que a tecnologia proporciona”.