“Cada Clube, uma Família”, um plano para ajudar a Ucrânia

   Pub   
   Pub   

A Federação Portuguesa de Futebol, em colaboração com as associações distritais e regionais, lançou uma campanha para o apoio e a integração de refugiados ucranianos que estão a chegar a Portugal. “Cada Clube, uma Família” é o nome do desafio que a FPF lançou ao mundo do futebol para estimular e agregar propostas de acolhimento e emprego para famílias ucranianas, com a ajuda de clubes de futebol.

Devido à sua proximidade com as comunidades e a sua implementação nos respectivos territórios, o objetivo é transformar os clubes numa plataforma de apoio que facilite a integração na sociedade portuguesa e proporcione esperança a uma população em situação de emergência, após fuga à guerra na Ucrânia.

Os clubes que aceitarem o repto federativo vão proporcionar auxílio, estabelecendo a ponte entre as ofertas de emprego e os serviços disponíveis para apoiar os refugiados, e a FPF irá financiar a prática do futebol e do futsal dos jovens ucranianos que, juntamente com os seus familiares, estão a fugir da situação dramática que se vive no solo ucraniano.

 Pub 
 Pub 

A Associação de Futebol de Portalegre está ao lado da FPF e de todas as outras associações de futebol neste projecto, e desafia os seus clubes filiados, bem como a comunidade do Alto Alentejo a mobilizar-se nesta importante iniciativa de responsabilidade social.

Todos os agentes desportivos e instituições que tenham disponibilidade ou conhecimento de ofertas de emprego ou de qualquer tipo de apoio que possa ser prestado aos refugiados que estão a chegar à nossa região e ao nosso País devem notificar o clube mais próximo e a Associação de Futebol de Portalegre.

No caso concreto das ofertas de emprego, as mesmas podem ser feitas através da plataforma do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) em www.iefp.pt/portugal-for-ukraine