Ana Abrunhosa_ Ministra da Coesão Territorial
   Publicidade   
   Publicidade   

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa afirmou hoje de manhã, em Portalegre, ser “preciso perceber definitivamente a viabilidade” da barragem do Pisão, e umas horas depois, em Campo Maior, garantia que o empreendimento vai ser “uma realidade”.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

Em declarações aos jornalistas, em Campo Maior, Ana Abrunhosa disse mesmo “já haver financiamento para os trabalhos preparatórios”, contudo ressalvou que “é preciso estudo de impacte ambiental e fazer vários estudos até se iniciar a obra”.

A governante referiu que “a construção da Barragem do Pisão foi uma garantia do Primeiro-ministro”, e apenas sublinha que “o projecto vai ser uma realidade” e que estão a trabalhar nisso.

A ministra da Coesão Territorial falava em Campo Maior, à margem da apresentação do projecto do Centro de Inteligência Competitiva (CIC), que implica um investimento de quase 992 mil euros.

O CIC é um projecto de I&I (Investigação e Inovação) à escala do Alentejo, centrado na valorização do conhecimento, pelos dados e a sua transferência para a actividade económica e empresarial dos sectores e fileiras dos recursos endógenos, com vista ao desenvolvimento tecnológico das empresas, à sua internacionalização e à promoção da competitividade nos mercados nacionais e internacionais.

Gabriel Nunes/Carla Aguiã/Rádio Portalegre