Campo Maior | CPCJ promove iniciativa “Agir Para Incluir”

Carlão-no-Centro-Cultural-de-Campo-Maior
   Publicidade   
   Publicidade   

Durante a semana organizada pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Campo Maior com o apoio do Município, ente outros parceiros, intitulada “Agir Para Incluir”, o Centro Cultural de Campo Maior foi palco de duas sessões bastante esclarecedoras sobre a temática abordada.

No dia 20 de Outubro, o psicólogo espanhol Carlos Pajuelo proferiu uma palestra alusiva ao tema “O bem tratar: Uma ferramenta imprescindível para educar”.

A importância do afecto e do apoio, o tempo que se deve dedicar a cuidar das crianças e a compreensão das características evolutivas e de comportamentos em determinadas idades foram alguns dos temas abordados pelo psicólogo.

 Pub 
 Pub 

A sessão foi especialmente dirigida a professores, técnicos de educação e pais, sendo que a Vereadora São Silveirinha marcou presença na ocasião.

Já esta quinta-feira, foi a vez do músico Carlão, ex-vocalista dos Da Weasel e actualmente com uma carreira a solo bastante consolidada, passar pelo Centro Cultural para, numa sessão dirigida aos alunos do Ensino Secundário, apresentar o projecto pedagógico “Livres e Iguais”.

Este projecto pretende sensibilizar, mas, essencialmente, acabar, com qualquer tipo de discriminação, fundada no princípio da ignorância e do ódio, que bloqueie a construção de uma sociedade intercultural.

No âmbito deste projecto foi produzido um livro com três histórias ficcionadas sobre Racismo, Discriminação étnica e Xenofobia, que conta também com a letra de três canções, musicadas pelo próprio Carlão, que o músico interpretou para todos os presentes no Auditório.