Festival-das-Marias-também em-Campo-Maior
   Publicidade   
   Publicidade   

Espectáculos de música, teatro e dança, cinema, exposições, conversas, contos e um mercado vão marcar o 1º Festival Internacional de Artes no Feminino, entre quarta-feira e dia 30 deste mês, em seis localidades do Alentejo.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

O também designado Festival das Marias é uma co-produção das companhias Alentejana de Dança Contemporânea (CADAC) e de Teatro Lendias d’Encantar e vai decorrer nas cidades de Beja e Santiago do Cacém e nas vilas de Campo Maior, Cuba, Grândola e Mértola.

Trata-se de um “evento pluridisciplinar” para mostrar uma “perspectiva da arte no feminino”, ou seja, criações de mulheres em várias áreas artísticas, explica o director artístico do festival, António Revez, citado num comunicado da organização enviado à agência Lusa.

Segundo o responsável, o festival surge “como resposta à necessidade de potenciar a dimensão distintiva da criação feminina, frequentemente ofuscada pelo preconceito de género alicerçado numa tradição de hierarquização patriarcal e num machismo generalizado”.

O festival vai incluir duas programações na cidade de Beja, uma principal com criações de artistas de Portugal, Brasil, Chile, Uruguai e Espanha e uma paralela com “momentos alternativos de empoderamento feminino”.

Haverá ainda uma programação para as extensões nas restantes localidades composta por alguns dos espectáculos previstos para Beja.

A programação principal em Beja vai começar na quarta-feira, às 21,30h, no Teatro Municipal Pax Julia, com um concerto da brasileira Adriana Calcanhotto.

Segue-se, também no teatro municipal, a partir das 21,30h, os espectáculos de dança “Nome”, das portuguesas Carolina Campos & Márcia Lança, na quinta-feira, de teatro “Música de Fiambrería”, dos uruguaios Lucia Trentini e Diego Arbelo, no dia 26, e “Lacura”, da espanhola Companhia Impulso, dia 27, e de música da fadista Daniela Helena, no dia 28, da brasileira Marina de La Riva, no dia 29, e da portuguesa Beatriz Nunes, no dia 30.

A programação principal em Beja vai incluir ainda um concerto da chilena Francesca Ancarola, na sexta-feira, e a peça de teatro “Parir – volver al vientre”, da companhia espanhola Actos Intimos, no sábado, na Casa da Cultura, a partir das 21,30h.

Já a programação paralela em Beja vai integrar actividades em vários locais e com entrada livre, como o Mercado das Marias, no fim-de-semana, para mulheres empreendedoras poderem mostrar e vender produtos, exposições, sessões de contos e leituras, dois círculos de mulheres e um misto, conversas, oficinas e exibições de documentários.