Início Actual Candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia, a Património Mundial, contam com o...

Candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia, a Património Mundial, contam com o apoio de Marcelo Rebelo de Sousa

COMPARTILHE
Elvas - Muralhas, Porta de Olivença ©Elvasnews
   Publicidade   

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera um imperativo nacional a candidatura das Fortalezas de Valença, Almeida, Marvão e Elvas a património da Unesco. As declarações foram produzidas este fim-de-semana perante os responsáveis pelas candidaturas dos municípios envolvidos, durante uma visita à vila de Almeida, no distrito da Guarda.

O chefe de Estado vai receber os presidentes de Câmara das quatro fortificações no dia 11 de Setembro, em Lisboa, “com vista a dar um apoio diplomático à candidatura, junto dos órgãos decisórios”, revela a Câmara Municipal de Valença em comunicado.

A candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola é promovida por Almeida, Elvas, Marvão e Valença e desde Maio de 2016 que está inscrita na Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, pré-requisito indispensável para a candidatura de Bens a Património Mundial. Neste momento aguarda-se a apresentação de Portugal junto do comité internacional da Unesco.

A candidatura foca-se no Sistema Defensivo das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola, na cultura raiana e numa das fronteiras mais antigas do mundo.

As quatro fortalezas tiveram um importante papel defensivo e, aquando da sua construção, representaram inovações e soluções arquitectónicas únicas, adaptadas a estruturas amuralhadas e à geomorfologia do terreno.

Nos últimos séculos, transformaram-se em monumentos de paz e em espaços únicos de história e cultura, além de serem focos de atracção turística.

   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade