Centro de Respostas Integradas do Alentejo Central: “ 20 Anos IN ou Out Dependências?”

   Publicidade   
   Publicidade   

O Centro de Respostas Integradas do Alentejo Central da ARS Alentejo, tem vindo a desenvolver respostas na área do tratamento, prevenção e reinserção de indivíduos com problemas de dependências, desde o ano de 1996. Volvidos 20 anos chegou o momento de aferir o percurso, reflectir sobre os resultados e preparar os desafios que se avizinham.

O passado é o futuro em preparação e este contexto de duas décadas de experiências e saberes feitos, são óptimos pontos de partida para a projecção dos tempos que se aproximam.

 Pub 
 Pub 
 Pub 

Porque as dependências com e sem substancia são uma realidade que estão inerentes à condição humana e que nos acompanham em todo o nosso processo evolutivo, queremos criar uma dinâmica que envolva toda a comunidade e todos os seus agentes num processo de reflexão, cidadania e responsabilidade.

Comunicar em saúde é um desafio no século XXI, que exige rigor, selectividade e pensamento crítico e nesse sentido, mais do que informação sobre o que fazemos, gostaríamos de partilhar o conhecimento e preocupações daí decorrentes, envolver todos os atores sociais e gerar compromissos de mudança que nos permitam alcançar ganhos efectivos nas relações de ajuda que vamos estabelecendo com os nossos públicos.

Metodologia:

Criação de 5 eventos de cariz simbólico a concretizar ao longo do ano.

Programa

  1. Lançamento, nos primeiros 2 meses do ano, nos órgãos de comunicação social da região, de 3 questões teasers:
  • Sabe qual é o serviço público no Distrito de Évora que apoia pessoas toxicodependentes?
  • Sabe em que ano foi criado o primeiro serviço público no distrito de Évora para atender pessoas toxicodependentes?
  • Sabe quantas pessoas toxicodependentes foram atendidas no serviço público do distrito de Évora?

Objectivos: Alertar e mobilizar a opinião pública para a importância da temática das dependências, divulgar o momento comemorativo.

  1. Realização no auditório da Edgest no dia 17 de Março de um encontro aberto à comunidade parceira.

Objectivos: Divulgação do programa de comemoração e lançamento do tema das dependências com o Dr. Nuno Miguel (psiquiatra e um dos fundadores do Centro das Taipas);

  1. Lançamento em Abril de um concurso de comunicação intitulado: “A arte de comunicar (in) dependências”.

Objectivos: Alcançar, através de formas de arte, a visão que a comunidade possui do tema das dependências.

  1. Realização de um encontro de reflexão sobre o percurso dos serviços públicos em dependências na região Alentejo: “História e Estórias dos serviços de tratamento de toxicodependências no Alentejo – Da química à relação”.

Objectivo: Dinamização de um encontro técnico protagonizado pelos responsáveis pelo processo de criação da rede de serviços públicos em dependências da região Alentejo.

  1. Realização de uma actividade de ar livre de prevenção do Burn Out dinamizada em parceria com a associação ARISCO e dirigida a todos os profissionais do CRI e entidades parceiras.

Objectivo: Prevenção do burn out, sensibilização para a importância da qualidade e bem-estar dos profissionais afectos ao sector, abordar de uma forma lúdica temas relacionados ao funcionamento dentro e entre instituições.