Início Galerias Fotografia Chaminés no Alentejo

Chaminés no Alentejo

COMPARTILHE
©António Serra
   Publicidade   

Supostamente de origem árabe, as chaminés Alentejanas podem ser cilíndricas, quadradas ou rectangulares.

Por vezes no alto das chaminés encontramos cata-ventos muitos deles autenticas obras de arte.

De dimensões variadas é vulgar encontrarmos exemplares que podem atingir os três metros de altura e um metro de diâmetro.

Diz-se que o seu tamanho representava o estatuto social de quem as mandava construir, podendo existir várias chaminés num mesmo telhado.

A chaminé representa o local chave na habitação já que era por debaixo da sua abóbada que a família se costumava reunir.

Por terras alentejanas a cozinha reveste-se de especial importância, acumulando múltiplas funções: além da sua própria, a de refeitório, sala de trabalho e de acolhimento, pois grande parte das casas possui a sua porta principal directamente a ela, tornando a cozinha sala de fora.

No monte a chaminé é seu o coração. O lume largo e patriarcal que arde sob o chão, sem grelhas nem cachorros, fica de uns dias para os outros. Basta soprar o borralho em cada manhã, juntarar-lhe uma mão cheia de gravetos, e ei-lo que se renova e resplende, ressuscitado.

   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   
Artigo anteriorMunicípio leva elvenses à praia, em Julho e Agosto
Próximo artigoNovo protótipo de um dispositivo médico para apoio à cirurgia da catarata
António Serra, um elvense nascido em Castelo de Vide.Meio século de vida nesta bela e histórica cidade que, muito cedo, assumiu como sua e onde se radicou totalmente a partir de 1966. Aqui trabalhou como professor do Ensino Primário; aqui criou raízes pelo casamento e pelos três filhos cá nascidos; aqui procurou participar sempre na vida e actividades locais como reconhecimento por ter sido considerado mais um elvense; aqui, ajudado e ensinado por bons amigos, foi aprendendo e criando verdadeiro gosto pela fotografia. ... "Hoje, posso afirmá-lo, é o meu melhor passatempo". “ Sou um amador grande amante da arte da fotografia “