Início Região Concelho de Borba abrangido pelas medidas preventivas para a situação de seca

Concelho de Borba abrangido pelas medidas preventivas para a situação de seca

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

O Governo aprovou na passada quarta-feira, 19 de Julho, um Plano de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca, numa reunião que contou com a participação dos ministros do Ambiente, João Matos Fernandes, da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos, do Mar, Ana Paula Vitorino, e o Ministro-Adjunto, Eduardo Cabrita.

Perante a situação preocupante – neste momento existem 16 albufeiras com menos de 40% da sua capacidade- a primeira reunião da comissão de carácter interministerial que irá acompanhar a evolução da seca no país e identificar os problemas, aprovou já algumas medidas preventivas para redução do consumo de água, como a diminuição da rega nos jardins, encerrar fontes decorativas e proibição do enchimento de piscinas em zonas mais críticas e lavagens de viaturas.

Concelhos já abrangidos:

Borba, Alcácer do Sal, Aljustrel, Alvito, Ferreira do Alentejo, Grândola, Santiago do Cacém, Sines, Viana do Alentejo, Almodôvar, Castro Verde, Redondo, Alandroal, Arraiolos e Arronches. Podem vir a ser estendidas a outros concelhos.

Para minorar o problema, estão já a ser executados furos em Borba, Odemira, Arraiolos, Avis, Alandroal e Mértola, como fontes suplementares ao abastecimento de água. O Governo implementou também a necessidade de autorização para as captações de água subterrâneas nos territórios mais fustigados com a seca, de forma a saber-se a quantidade de água que é captada do solo.

Perante a gravidade da situação, a autarquia de Borba reforça o apelo aos munícipes para a máxima poupança de água, reduzindo o seu consumo ao mínimo necessário e ao cumprimento das medidas implementadas.

   Publicidade   
   Publicidade