Publicidade   
   Publicidade   

O auto de consignação da empreitada de recuperação e requalificação do Aqueduto da Amoreira, em Elvas, foi assinado no passado dia 15, na Câmara Municipal. Com a assinatura deste documento, é dada posse ao empreiteiro da obra, começando a contar o prazo de execução, que é de 18 meses.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

a obra representa um investimento de 1,9 milhões de euros, suportado pelo Município de Elvas.

Os trabalhos a executar, numa extensão de 300 metros na zona do Rossio de São Francisco, constam de trabalhos de consolidação estrutural, remoção de ferragens dissonantes, limpeza de paramentos, picagem de rebocos degradados, desobstrução do canal de água, reparação da cobertura desse canal, reparação do guarda corpos, execução de rebocos, limpeza e restauro do painel de azulejo, limpeza e restauro de cantarias.

Nos próximos dias, vai proceder-se à montagem do estaleiro, no local da obra, prevendo-se que a obra propriamente dita se inicie nos primeiros dias de Março.