Covid-19
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

De acordo com o boletim publicado ao início da tarde, registaram-se no Alentejo mais nove casos de infecção pelo SARS-CoV-2, elevando o total nesta região para 706. Mantém-se em 21 o número total de mortes na região.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Desde o início da pandemia registaram-se 50.613 casos de infecção confirmados, 35.626 recuperados e 1.725 mortes.

Há ainda registo de 403 internamentos, dos quais 41 nos cuidados intensivos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo, onde continua a haver mais surtos activos, totaliza hoje 25.763, mais 146 do que no dia anterior (ou seja, 72 por cento do número total de novos casos).

No início da conferência de imprensa desta quarta-feira, a secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, destacou a “redução consistente do número de casos confirmados”.

De acordo com os dados do Infarmed, citados pela secretária de Estado, entre Janeiro e Junho a despesa em medicamento em ambulatório do SNS situou-se nos 683 milhões de euros, um crescimento de 5,4% em relação ao ano anterior.

“O contexto de pandemia não travou o fundamental acesso dos portugueses aos medicamentos”, acrescentou Jamila Madeira. Desde Janeiro até Julho foram aprovados 36 novos medicamentos pelo Infarmed.

Os dados mostram que “apesar das contingências” o SNS continuou motivado em responder aos problemas de doentes também na área do medicamento.