Distrital-do-CDS-PP-reúne-com-a-Federação-de-Bandas-Filarmónicas-do-Distrito-de-Portalegre
   Publicidade   
   Publicidade   

Numa altura em que a pandemia atinge os seus números mais expressivos no Distrito de Portalegre, a Distrital de Portalegre do CDS-PP relembra que “a cultura é uma das áreas que mais tem sofrido com as restrições impostas que, numa tentativa de preservar a saúde pública, acabam por ter consequências nefastas para a sobrevivência de Empresas, Associações e até profissionais da área”.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

A estrutura distrital, liderada por Nuno Serra Pereira, reuniu com a Federação de Bandas Filarmónicas do Distrito de Portalegre (FBFDP), em sessão onde foram “abordadas as várias dificuldades enfrentadas pelas bandas filarmónicas do distrito, e o receio com que encaram a chegada do ano 2021, que temem trazer mais uma sangria de jovens do sector cultural regional”.

Em comunicado a estrutura distrital do CDS-PP faz saber que “em cima da mesa estiveram também as reduções de verbas nos orçamentos municipais” bem como discutir “quais as mais eficazes formas de resolução das barreiras enfrentadas pelo sector”.

No mesmo comunicado a distrital referi que “a utilização da meritocracia como balança essencial para a distribuição de verbas foi também tópico importante de conversa, na reunião Zoom que serviu para apurar de forma mais nítida e clara a nova realidade que em que a cultura se vê a residir na actualidade, forçada a reinventar-se para se adaptar e sobreviver”.