DRCAlentejo apoia projecto “Duarte Darmas Revisitado – do cálamo ao drone”, que será apresentado por Santiago Macias

Évora: 5 de Maio, às 18h, na Galeria de Exposições da Casa de Burgos

   Pub   
   Pub   
   Pub   

A Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlentejo) apoia o projecto “Duarte Darmas Revisitado – do cálamo ao drone”, que será apresentado por Santiago Macias dia 5 de Maio, às 18 horas, na Galeria de Exposições da Casa de Burgos (R. de Burgos, 5), em Évora.

Será efectuada, de forma informal, uma pequena explicação do processo de construção do livro e do projecto que, entre várias valências, contempla também uma exposição a realizar posteriormente.

“Duarte Darmas Revisitado – do cálamo ao drone” teve por base o célebre Livro das Fortalezas, de Duarte Darmas, desenhado no início do século XVI, para estabelecer um jogo de comparações com a realidade actual. Duarte Darmas, escudeiro do rei D. Manuel I, foi encarregue pelo monarca de registar em desenho todas as fortalezas da raia. O levantamento abrangeu 56 castelos dos quais 20 se situam na fronteira do Alentejo, uma das mais extensas e importantes do país.

 Pub 
 Pub 
 Pub 
 Pub 

O projecto, candidatado por MULTICULTI – Culturas do Mediterrâneo e co-financiado por Alentejo 2020 – FEDER, reporta-se às 20 localidades da raia alentejana e abrangeu uma comparação entre o que o desenhador viu e o que ainda pode ser identificado em cada local.

O trabalho foi concretizado com o auxílio de um drone, uma vez que as perspectivas apresentadas no Livro das Fortalezas são uma reconstrução da realidade, e não uma imagem fotográfica de cada sítio. O projecto que agora se apresenta publicamente explica a forma como o desenhador interpretou e descodificou cada localidade. Os desenhos do século XVI são contrastados com imagens aéreas e com fotografias de pormenor das igrejas, pontes, fontes, etc. que Duarte Darmas registou e que, de uma forma ou de outra, chegaram até nós.