Início Opinião Graça Amiguinho “Elvas à Vista” uma Colectânea Literária e Artística

“Elvas à Vista” uma Colectânea Literária e Artística

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

Nasceu a ideia numa manhã de sol e a natureza iluminou-a de tal forma que depressa tomou corpo e  se transformou numa corrente de ideias, arte e boa vontade, difíceis de alguma vez poderem ser imaginadas por mim.

Reunir à minha volta almas palpitantes de amor ao nosso Alentejo, corações transbordando generosidade, fraternidade e o desejo firme de construir algo diferente, está sendo uma vivência fortemente emotiva e culturalmente enriquecida cada dia que passa.

Somos 39 apaixonados por Elvas, a nossa linda cidade, antiga, misteriosa, onde as pedras falam de um passado distante e enigmático, onde os sabores e os cheiros nos congregam e aproximam de uma forma inexplicável porque não temos necessidade de nos questionarmos sobre as razões que tão fortemente nos unem.

“Canto a minha terra, a minha gente! Este povo que amo , a terra arada, o sol ardente!”, Graça Foles Amiguinho
“Canto a minha terra, a minha gente! Este povo que amo, a terra arada, o sol ardente!”, Graça Foles Amiguinho

Somos poetas, escritores, amantes da fotografia, três áreas diferentes mas que se completam e tornam uma obra rica literária e visualmente.

Somos naturais dos mais diversos cantinhos deste nosso belo concelho de Elvas e alguns dos nossos, sendo alentejanos de outros pontos desta imensa planície, a esta ancestral cidade ficaram presos emocionalmente.

Tem que haver motivos fortes para que esses laços, alguns com dezenas de anos, não se quebrarem e nesta obra literária terem lugar de realce e encanto, manifestados das mais diversas formas literárias mas sempre com arte, engenho e beleza.

“Elvas à Vista” Colectânea Literária e Artística – tem a felicidade de atrair a si outros protagonistas que vivendo na cidade de Elvas ou nos seus arredores, a nós se juntarão para a grande festa da apresentação desta obra que dignificará Elvas, os seus antepassados e as gerações vindouras, prevista para o dia 12 de janeiro de 2019 na altura das Comemorações do dia da Cidade, em local a anunciar brevemente.

Nessa grande festa todos os Elvenses e seus amigos de outras regiões de Portugal terão lugar. É uma festa para quem nela quiser participar. As portas estarão abertas de par em par para festejarmos a Cultura, a arte de escrever, fotografar e a música também.

Haverá um grande espetáculo musical com poemas dos poetas participantes e músicas inéditas que serão interpretadas por diversos artistas da nossa cidade e arredores.

Elvas merece todo o nosso carinho e dedicação sem medida, este amor ao nosso torrão natal, às nossas raízes e tradições.

O meu profundo agradecimento a todos os que têm sonhos iguais aos meus, sentem como eu sinto este fogo que abrasa a nossa alma alentejana e desejam construir um caminho de mais sabedoria.

   Publicidade