Tomada-de-Posso-elenco-2021-25
   Publicidade   
   Publicidade   

Na sequência das eleições autárquicas realizadas no passado dia 26 de Setembro, realizou-se hoje, sexta-feira, 8 de Outubro, no Cineteatro de Elvas, a cerimónia pública da tomada de posse dos órgãos autárquicos para o quadriénio 2021/2025.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

A sessão solene foi dividida em três actos distintos: instalação da Câmara Municipal de Elvas, instalação da Assembleia Municipal e primeira sessão da Assembleia Municipal para eleição da mesa de Assembleia nomeadamente o presidente e o primeiro e segundo secretários.

Depois da instalação da Câmara Municipal de Elvas (CME) Rondão Almeida, já como Presidente eleito da Câmara de Elvas tomou a palavra, num discurso onde se destaca a ideia de “continuar a ser o presidente de todos os elvenses, comprometendo-se desde logo, nos próximos quatro anos a trabalhar na concretização de um projecto para o concelho, desenhado em conjunto com as demais forças politicas representadas nos diversos órgãos autárquicos, caso seja essa a vontade de todos os envolvidos”.

O autarca pretende envolver e colher os melhores contributos da sociedade civil, dos cidadãos, do movimento associativo e das instituições públicas e privadas deste concelho.

Rondão Almeida salientou ainda que “em política o tempo é sempre escasso, o que implica que todas as pessoas e todas as nossas energias sejam canalizadas para um elevado grau de exigência na concretização dos projectos com real impacto na vida dos elvenses”.

Rondão continuou o seu primeiro discurso como novo presidente da Autarquia Elvense, dirigindo “uma palavra especial aos jovens pois são eles o futuro e a nossa continuidade enquanto sociedade pois está consciente das suas dificuldades”.

Tem hoje início um novo ciclo do poder local, com muitos projectos que o novo executivo pretende levar por diante assentes na sua globalidade nos seguintes pilares fundamentais; coesão territorial, emprego, habitação, cultura, saúde e ambiente.

O autarca abordou o tema da Eurocidade dizendo que “a relação com a Eurocidade deverá continuar a ser uma das nossas principais prioridades e linha de orientação; nos nossos dias jamais podemos entender a nossa actuação numa lógica de mera escala local”.

Outro desafio dos eleitos hoje empossados é “ser mos capazes de responder as necessidades da população sem comprometer o futuro das gerações vindouras, para isso é necessário contas saudáveis, tratar da saúde e ambiente, garantir a segurança a justiça e o equilíbrio social, num concelho que é de todos e que não cede a interesses particulares ou individuais o que é um motivo de orgulho para todos”.

Rondão Almeida terminou o seu discurso dirigindo-se “a quem os elegeu e a quem deve servir, o povo de Elvas, pois o maior património que Elvas tem nem são as suas pedras, mas sim as pessoas”.

Um discurso muito aplaudido por todos os que enchiam o Cineteatro nesta cerimónia solene que continuou com apresentação dos cumprimentos aos eleitos por parte dos cidadãos presentes no Cineteatro. A cerimónia continuou com a instalação da Assembleia Municipal, onde todos os eleitos fizeram o juramento no momento de tomada de posse.

A sessão solene terminou com a primeira sessão da Assembleia Municipal para eleição da mesa de Assembleia nomeadamente o presidente e o primeiro e segundo secretários sendo este lugares preenchidos por Maria Graça Rodrigue Luna Pais, Rui Eduardo Dores Jesuino e Maria José Canejo Perdigão Poejo.

Câmara Municipal de Elvas: 

José António Rondão de Almeida (MCPE)
Nuno Miguel Fernandes Mocinha (PS)
Anabela da Conceição Costa Tinta Fina Cartas (MCPE)
Cláudio Miguel Branca Monteiro (PS)
Paula Cristina Mota Calado (Coligação PPD-PSD/CDS-PP) Elvas somos nós
Hermenegildo José Durão Rodrigues em substituição de Marco André Lourenço Matroca que renunciou ao mandato (MCPE)
Vitória Júlia Damião Rita Branco (PS)

Assembleia Municipal de Elvas:

Maria da Graça Rodrigues Luna Pais (MCPE)
José António Chocolate Contradanças (PS)
José Manuel Ferreira Bagorro (MCPE)
José Manuel Rato Nunes (PPD-PSD/CDS-PP) – Elvas somos nós
José Manuel Rodrigues Candeias (MCPE)
Helena Cristina Cacheirinha Damião em substituição de Fernando Barroso Marçal Antunes que renunciou ao mandato (CHEGA)
Cláudia Sofia Gamelas Ferreira (PS)
Esmeralda das Neves Rato Pinheiro Soças (MCPE)
Carlos Augusto Bonita Pernas (PS)
Joaquim Miguel Cruz Mendes (PPD-PSD/CDS-PP) – Elvas somos nós.
Carlos Miguel Borrega do Carmo Martins (MCPE)
António José Falé Canoa (PS)
Nelson Manuel Rosa Cardoso em substituição de João Manuel Sena Janeiro que renunciou ao mandato (MCPE)
Maria da Conceição Afonso Rodrigues (CHEGA)
Alexandra Sofia Lopes Ferreira da Costa (MCPE)
Rui Eduardo Dores Jesuíno em substituição de Vera Maria Sardo Couto que renunciou ao mandato (PS)
Maria José Canejo Perdigão Poejo (PPD-PSD/CDS-PP) – Elvas somos nós.
António da Conceição Martins Matos – MCPE
Cátia Sofia Melo Martins Henriques Terrinca (CDU)
Maria Leonor Serra Carvalho (PS)

Ana Sofia Trindade Alegria Alves – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de Freguesia de Santa Eulália
Joaquim Manuel Cabaceira Feijão – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de Freguesia de S. Brás e S. Lourenço
João Ricardo Serra Charruadas – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de Freguesia de S. Vicente e Ventosa
Joaquim Manuel Guerra Amante – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de Freguesia de Assunção, Ajuda Salvador e Sto.iLdefonso
José Júlio Pires Galguinho – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de Freguesia da união de freguesias de Caia, S. Pedro e Alcáçova
António Jorge Correia Madeira – Encabeçou alista mais votada para a Assembleia da União de freguesias de Barbacena e Vila Fernando
Manuel Augusto Peixoto Bandarra – Encabeçou a lista mais votada para a Assembleia de freguesia da União de freguesias de Terrugem e Vila Boim.

Tomada-de-Posso-elenco-2021-25