BVE-renovam-ambulância-afecta-ao-PEM
   Publicidade   
   Publicidade   

Na sequência do aparecimento de um caso positivo de contágio num elemento do corpo activo dos Bombeiros Voluntários de Elvas (BVE) os soldados da paz elvenses passaram a resumir a sua actividade exclusiva “a situações de emergência”, tendo recusado outros serviços para além da emergência.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Após o período “adequado” à situação, e perante os resultados negativos entretanto conhecidos, permite aos BVE voltarem “paulatinamente” à actividade normal, efectuando já “alguns serviços além das emergências”, refere o comunicado da Associação Humanitária dos BVE recebido na redacção.

Esta situação esteve sempre a ser monitorizada pelo delegado de saúde local, bem como do Comandante Distrital (CODIS) bem como o coordenador municipal de Protecção Civil de Elvas.

No comunicado a Direcção Administrativa prevê voltar à normalidade muito brevemente e, apesar de não ter tido “parte activa no processo”, apresenta as suas “desculpas pelos incómodos causados”.