Elvas | Comemorações dos 363 anos da Batalha das Linhas de Elvas com cerimónia militar junto ao Padrão

363-anos-da-Batalha-das-Linhas-de-Elvas
   Pub   
   Pub   
   Pub   

As comemorações dos 363 anos da Batalha das Linhas de Elvas arrancaram ao início da manhã deste feriado de 14 de Janeiro com a cerimónia de hastear das bandeiras no edifício dos Paços do Concelho. O acto contou com a presença de todo o executivo municipal e dos presidentes das Juntas de Freguesia do concelho.

Seguiu-se a cerimónia militar junto ao Padrão da Batalha das Linhas de Elvas, no sítio dos Murtais, para homenagear os mortos em combate a 14 de Janeiro de 1659. Foram depositadas flores no monumento pelos representantes de várias entidades civis e militares, entre os quais o edil elvense, Rondão Almeida, e o director da Direcção de História e Cultura do Exército, Major-general Aníbal Alves Flambó.

Depois da cerimónia no Padrão, o chefe do Município e o representante máximo das Forças Armadas nestas comemorações do 363º aniversário da Batalha das Linhas de Elvas depuseram coroas de flores no túmulo do General André de Albuquerque Riibafria, na Igreja de S. Francisco, junto ao cemitério.

 Pub 
 Pub 
 Pub 

As comemorações do feriado municipal culminam às 18 horas na antiga Sé com a celebração do Te Deum de Acção de Graças, presidido pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho.