O Caixeiro Viajante
   Publicidade   
   Publicidade   

Na tarde deste sábado, 15 de Junho, o escritor elvense José Pais de Carvalho apresentou na Biblioteca Municipal da cidade raiana o seu romance “O Caixeiro Viajante”, editado pela MoDocromia.

   Publicidade   
   Publicidade   

O Autor sublinha que “este é um livro obre a nossa consciência” e pormenoriza “a consciência de cada um de nós que se reflecte depois dentro do colectivo”.

É acima de tudo uma crítica ao pensamento actual

No livro o autor conta uma história “a partir das minhas memórias” diz, entre Elvas e Vila Viçosa, e um dia […] surgiu a ideia de uma história […] de carácter realista. Depois a partir daí “foi-se construindo, aos poucos e transformou-se um livro cima de tudo da consciência”.

A consciência colectiva, ela é sempre consequência dum maior número de pessoas com menos consciência.

A consciência colectiva, ela é sempre consequência dum maior número de pessoas com menos consciência. Por isso é um alerta para o nosso desenvolvimento individual dessa mesma consciência, que só s faz a partir do individual para o colectivo”, disse o autor.

A obra foi apresentada pela escritora Risoleta Pinto Pedro, colaboradora semanal aqui, no Portal Elvasnews.

José Pais de Carvalho

José Pais de Carvalho

José Pais de Carvalho nasceu em Elvas em 1959, estudou na Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa de Lisboa e especializou-se em Psicologia Transpessoal na Escuela de Desarrollo Transpersonal de Madrid.
Em 2015 publicou na Argentina o livro La voz Interior, a que se seguiu em 2016 a versão portuguesa, A Voz Interior, pela edições Colibri, estando agendado para o ano de 2019 ainda a versão brasileira pela editora Penalux.
Organiza os cadernos de poesia Terceira Margem, divulgando poetas espanhóis em Portugal. No ano de 2018 foi um dos organizadores da tertúlia literária Os Meninos da Avó. É colaborador nas revistas A Ideia, Selene – Culturas de SintraEurocidade – Literatura e artes, uma Colectânea, Letras Salvajes (Porto Rico).
Em 2019 lança pela editora ModoCromia o romance O Caixeiro-viajante.
Wook