Início Opinião Graça Amiguinho Elvas, uma cidade com futuro

Elvas, uma cidade com futuro

Eu amo Elvas, amo a minha cidade como se fosse mesmo minha de alma e coração e fico triste quando me apercebo do que por aí se passa «sem necessidade» como dizia o outro.

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

De longe vou seguindo, passo a passo, o que se passa na cidade que amo e que muito me diz.

Vejo com prazer os grandes investimentos em vários sectores de atividade e o número de postos de trabalho que disso serão uma boa consequência.

Elvas, tal como outras cidades do Alentejo, hoje, como noutros tempos, vão preparando os jovens culturalmente mas, chegado o momento de partirem para a vida ativa, não têm capacidade de resposta e obrigam-nos a sair à procura de trabalho, sempre com o coração contrito por não poderem ajudar a sua terra a progredir, a tornar-se mais produtiva e rentável com a sua força e criatividade.

É notória a preocupação das entidades que dirigem o Município em atrair investimentos, criar condições para que empresas de renome aí se possam instalar de forma a abrirem as portas aos jovens trabalhadores.

Os investimentos que têm apoios da Comunidade Europeia são um estímulo muito forte para que se faça mais e melhor não só para engrandecer o Património mas para permitir a atração de novos turistas que, a nível mundial, procuram locais com características únicas e Elvas tem esse potencial que merece e deve ser explorado de uma forma inteligente e rentável.

Elvas merece ser amada por todos e que todos os elvenses se unam e esqueçam as pequenas diferenças que os separam pois as quezílias não conduzem a nada e passando para fora das muralhas dão uma imagem que em nada favorece o bem comum.

Fale-se do que é bom, dê-se a conhecer ao mundo o progresso de Elvas milenar, eleve-se a cidade mais alto do que os interesses individuais, as disputas, as ilusões e utopias.

Eu amo Elvas, amo a minha cidade como se fosse mesmo minha de alma e coração e fico triste quando me apercebo do que por aí se passa «sem necessidade» como dizia o outro.

Elvas merece um grande futuro baseado em paz, progresso e união de todos os seus filhos.

   Publicidade   
   Publicidade