Início Actual Elvenses vão poder jogar Padel já no próximo verão c/ Fotogaleria

Elvenses vão poder jogar Padel já no próximo verão c/ Fotogaleria

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

O projecto de implantação de campos de Padel, cuja construção já se iniciou, foi hoje apresentado, dia 28 de Março, em conferência de imprensa, na presença do Presidente da Câmara Municipal de Elvas (CME) e dos dois administradores da empresa Europadel.

Nuno Mocinha, Presidente da CME, ladeado pelos administradores da Europadel Álvaro Antunes (esquerda) Agustin Marquez Felipe (direita)

O Complexo de Padel em Elvas nasce numa altura em que o Governo Português atribuiu o Estatuto de Utilidade Pública à Federação Portuguesa de Padal, entidade que agora passa a ter a tutela oficial desta modalidade em franco crescimento.

O complexo que a Europadal idealizou e se propõe implantar na cidade raiana situa-se na urbanização da Quinta do Paraíso, frente à entrada para o estacionamento do Estádio Municipal de Atletismo, em Elvas. Os promotores prevêem a conclusão da obra no final de Junho a meados de Julho, num investimento que supera o milhão de euros.

O que é o Padel?

O Padel é um desporto de raquete, jogado a pares e utilizando raquetes e bolas próprias. O campo é rectangular, totalmente fechado, tem 10 metros de largura por 20 de comprimento e uma rede no meio. Nos topos e em parte das laterais tem uma superfície em vidro ou em alvenaria. A superfície do campo pode ser em relva sintética, alcatifa ou betão poroso. As duas primeiras são as mais habituais.

Para Álvaro Antunes, administrador da empresa, “o projecto que vamos realizar é um projecto pioneiro e inovador, acreditamos que não vai passar despercebido. Tem a componente desportiva e turística. Vai dinamizar a cidade e todo o património”.

Do complexo fazem partes cinco campos cobertos para a prática deste desporto, bicicletas eléctricas, uma pista poli-desportiva para futebol e basquetebol e cafetaria.

“Pretendemos trazer pessoas de outras cidades para praticarem desporto e assim dinamizarmos a cidade de Elvas”, explicou o segundo administrador da empresa Europadel, Agustin Marquez Felipe.

Nuno Mocinha, presidente do Município de Elvas, mostrou-se “muito satisfeito” com a realização deste projecto. Explicou que “é um equipamento que não existe, é inovador e tem uma envolvência turística para dinamizar a cidade”. E para concluir mostrou-se ansioso para ver o resultado do projecto “espero que os meses passem rápido para em Julho estarmos aqui a inaugurar este projecto e assim dotarmos Elvas de um Complexo de Padel”.

 

   Publicidade