Operação FOCUS - Apreensão
   Publicidade   
   Publicidade   

Inserido na Operação FOCUS da Polícia de Segurança Pública (PSP), o Departamento de Armas e Explosivos realizou uma acção de fiscalização no dia 5 de Agosto, visando vários locais relacionados com o comércio e lançamento de fogo-de-artifício na região norte do país, e apreendeu 627 artigos pirotécnicos por se encontrarem fora das condições legais de armazenamento e foi elaborado um auto de contra-ordenação.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

A PSP reforça que a Operação FOCUS decorrerá durante o mês de Agosto e serão efectuadas diversas acções de fiscalização deste tipo, a nível nacional, pelo Departamento de Armas e Explosivos e Comandos da PSP, visando locais/eventos onde seja utilizada pirotecnia, designadamente, em festas/espectáculos relacionados com as celebrações municipais/locais de santos padroeiros.

Com a Operação FOCUS a PSP pretende combater o elevado número de mortos e sinistros na área da pirotecnia – foram registados 35 acidentes e 18 mortos entre os anos de 2015 e 2019, e incrementar o sentimento de segurança e alertar para os perigos na utilização incorrecta deste tipo de artigos.

A PSP recomenda novamente que sejam cumpridas todas as normas legais previstas na utilização de artigos de pirotecnia e fogo-de-artifício, quer pelos profissionais da área, quer por particulares, respeitando as condições de transporte e armazenamento dos artigos pirotécnicos, por forma a evitar acidentes para os próprios e/ou para terceiros.

Recomenda-se ainda que sejam cumpridas as distâncias de segurança dos locais de lançamento, as suas instruções de funcionamento, bem como não tocar em artigos não deflagrados.