Flyer-35º-Aniversário-CFP
   Publicidade   
   Publicidade   

O Centro de Formação de Portalegre assinalou no passado dia 1 de Dezembro, 35 anos de actividade ao serviço da formação da Guarda Nacional Republicana.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

O Convento de São Bernardo, Monumento Nacional onde se encontra actualmente instalado o Centro, fundado em 1518 pelo então Bispo da Guarda D. Jorge de Melo, ainda funcionou como Seminário Diocesano, liceu e, afecto ao Exército, como quartel de várias Unidades, designadamente do Regimento de Infantaria Nº 22, do qual partiu o contingente do Batalhão de Infantaria 22, para integrar a 1ª Brigada do Corpo Expedicionário Português e combater ao lado dos Aliados na I Grande Guerra (1914-1918).

1º-CFP-do-CIP-(1986)Em 28 de Novembro de 1985, foi cedido à Guarda Nacional Republicana pela Região Militar Sul, a título precário, para instalar o Centro de Instrução de Praças, por indisponibilidade das instalações do Centro de Instrução da Guarda, até então, instalado na Calçada da Ajuda em Lisboa.

No dia 1 de Dezembro de 1985, o Centro de Instrução de Praças de Portalegre iniciou a sua actividade, data de nomeação do seu primeiro Comandante, o Capitão Correia Dias. O primeiro Curso de Formação de Praças da Guarda, que decorreu nas instalações do Centro, iniciou-se em 21 de Outubro de 1985 em Reguengos de Monsaraz, tendo em Dezembro desse ano passado a ser ministrado no Centro, em Portalegre, onde vieram a concluir o curso 160 militares, em 06 de Junho de 1986.

Em Julho de 1993 o Centro de Instrução de Praças mudou a sua dependência orgânica da então Brigada Territorial Nº 3 para a Escola Prática da Guarda, passando a designar-se de Agrupamento de Instrução de Portalegre. Já em 2007, por consequência da implementação da actual Lei Orgânica da Guarda, passou a ter a actual designação – Centro de Formação de Portalegre.

42º-CFG-do-CFP-(2020)Desde Dezembro de 1985, já foram ministrados 42 Cursos de Formação e formados 17 996 militares da Guarda, aproximadamente o equivalente a 80% do efectivo actual da Instituição, motivo pelo qual o Centro de Formação de Portalegre também é apelidado de “O Berço dos Guardas”.

Ao longo dos anos, o “Berço dos Guardas” tem vindo a adaptar-se aos desenvolvimentos sociais, tecnológicos e pedagógicos, em especial neste ano atípico de 2020, fruto da situação pandémica vivida, que conseguiu reinventar-se para conseguir finalizar mais um Curso de Formação de Guardas, transformando dificuldades em oportunidades e desenvolvendo novas metodologias pedagógicas para capacitar os futuros militares da Guarda com as competências essenciais ao desempenho das suas missões ao serviço dos portugueses e de Portugal.

Para assinalar o 35º aniversário, atendendo às restrições e normas sanitárias em vigor mas realçando a sua solidariedade para com os muitos cidadãos em dificuldades durante esta pandemia, os militares e civis do Centro de Formação de Portalegre realizaram uma campanha solidária de angariação de vestuário, com destino à Loja Social do Município de Portalegre.

Os bens angariados foram entregues esta quinta-feira, de forma simbólica, pelo Comandante Interino do Centro de Formação de Portalegre, Tenente-Coronel Pedro Ribeiro, à Presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Adelaide Teixeira, nas instalações do Centro.