Furto de cortiça
   Publicidade   
   Publicidade   

Ontem, quarta-feira, 5 de Agosto, a Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve nos distritos de Santarém, Évora e Setúbal, nove homens e constituiu uma mulher arguida, por vários crimes de furto de cortiça e máquinas agrícolas.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

No âmbito de uma investigação, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos usavam os furtos de cortiça e de máquinas agrícolas como modo de vida, causando grandes danos para os produtores agrícolas.

Foram cumpridos 24 mandados, dos quais nove mandados de detenção, 12 de buscas em residências e armazéns e três em veículos, resultando na apreensão do seguinte material:

– Cerca de 1500 quilos de cortiça;
– 550 euros em numerário;
– 589 cartuchos e munições de vários calibres;
– 18 machados para extracção de cortiça;
– Quatro armas de fogo;
– Três pistolas de alarme, uma delas transformada;
– Oito veículos automóveis;
– Um tractor agrícola;
– Nove telemóveis;
– Seis tesouras para corte de ferro;
– Uma balança para pesagem de cortiça;
– Diverso material informático, bem como várias ferramentas manuais e utensílios para realização dos furtos de cortiça.