Livro_ Comer como uma Rainha
   Publicidade   
   Publicidade   

O livro “Comer como uma Rainha – O receituário real do século XVI ao século XX”, de Guida Cândido, investigadora da Universidade de Coimbra (UC), foi distinguido com o prémio de Literatura Gastronómica 2019, atribuído pela Academia Internacional de Gastronomia.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

O prémio vai ser entregue amanhã, dia 27 de Novembro, pelas 19h, no Grémio Literário, em Lisboa, pelo presidente da Academia Internacional de Gastronomia, em cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, e contará com a presença da Ministra da Saúde, da Directora-Geral de Saúde e dos Embaixadores de Portugal e Espanha, entre outras individualidades.

Editado pela D. Quixote | Leya, o livro resulta de um longo trabalho de investigação realizado na área da história da gastronomia. A investigadora Guida Cândido conta que consultou fontes antigas onde estudou «os hábitos alimentares dos últimos 5 séculos em Portugal, fazendo uma contextualização histórica de alguns pratos icónicos que se destacaram no receituário português ao longo de diferentes épocas e reinados (o livro analisa 5 períodos relativos a 5 rainhas distintas)», e preparou também 50 receitas adaptadas aos nossos tempos, que fotografou e compõem o livro. Livro_ Comer como uma Rainha

A Academia Internacional de Gastronomia, juntamente com a Academia Portuguesa de Gastronomia e com as suas congéneres de outras nacionalidades, desta vez elegeu o livro Comer como uma rainha na categoria de Literatura Gastronómica, sendo que outras categorias são igualmente premiadas. No ano passado, José Avillez venceu na categoria de Chef.

Guida Cândido formou-se em História de Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), onde também concluiu o Mestrado em Alimentação: Fontes, Cultura e Sociedade com média final de 18.4 valores, o que lhe valeu a atribuição de uma Bolsa de Mérito do Ensino Superior. É investigadora colaboradora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos (CECH) da FLUC e do grupo luso-brasileiro DIAITA. Actualmente é aluna bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) no programa de doutoramento em Patrimónios Alimentares: Culturas e Identidades da FLUC.

Esta distinção vem juntar-se aos anteriores prémios atribuídos ao seu livro «Cinco Séculos à Mesa – 50 receitas com História», igualmente publicado pela D. Quixote | Leya, distinguido com o Best Gourmand Awards e Livro do Ano Cookbook Fair 2017.

O livro “Comer como uma Rainha – O receituário real do século XVI ao século XX”, de Guida Cândido, investigadora da Universidade de Coimbra (UC), foi distinguido com o prémio de Literatura Gastronómica 2019, atribuído pela Academia Internacional de Gastronomia.

Guida Cândido, investigadora da Universidade de Coimbra (UC)
Guida Cândido, investigadora da Universidade de Coimbra (UC)

O prémio vai ser entregue amanhã, dia 27 de Novembro, pelas 19h, no Grémio Literário, em Lisboa, pelo presidente da Academia Internacional de Gastronomia, em cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, e contará com a presença da Ministra da Saúde, da Directora-Geral de Saúde e dos Embaixadores de Portugal e Espanha, entre outras individualidades.

Editado pela D. Quixote | Leya, o livro resulta de um longo trabalho de investigação realizado na área da história da gastronomia. A investigadora Guida Cândido conta que consultou fontes antigas onde estudou «os hábitos alimentares dos últimos 5 séculos em Portugal, fazendo uma contextualização histórica de alguns pratos icónicos que se destacaram no receituário português ao longo de diferentes épocas e reinados (o livro analisa 5 períodos relativos a 5 rainhas distintas)», e preparou também 50 receitas adaptadas aos nossos tempos, que fotografou e compõem o livro.

A Academia Internacional de Gastronomia, juntamente com a Academia Portuguesa de Gastronomia e com as suas congéneres de outras nacionalidades, desta vez elegeu o livro Comer como uma rainha na categoria de Literatura Gastronómica, sendo que outras categorias são igualmente premiadas. No ano passado, José Avillez venceu na categoria de Chef.

Guida Cândido formou-se em História de Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), onde também concluiu o Mestrado em Alimentação: Fontes, Cultura e Sociedade com média final de 18.4 valores, o que lhe valeu a atribuição de uma Bolsa de Mérito do Ensino Superior. É investigadora colaboradora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos (CECH) da FLUC e do grupo luso-brasileiro DIAITA. Actualmente é aluna bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) no programa de doutoramento em Patrimónios Alimentares: Culturas e Identidades da FLUC.

Esta distinção vem juntar-se aos anteriores prémios atribuídos ao seu livro «Cinco Séculos à Mesa – 50 receitas com História», igualmente publicado pela D. Quixote | Leya, distinguido com o Best Gourmand Awards e Livro do Ano Cookbook Fair 2017.