IPP-arranca-com-obra-de-ampliação-da-incubadora-de-base-tecnológica-(BioBIP)
   Publicidade   
   Publicidade   

O início do ano lectivo no Campus do Politécnico de Portalegre fica marcado pelo arranque da obra de ampliação da incubadora de base tecnológica.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

A primeira pedra do novo edifício da BioBIP foi colocada esta segunda-feira, 6 de Setembro, pela Presidência do Politécnico e pelo Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA), António Ceia da Silva, num acto simbólico que contou com a presença de membros da comunidade académica e representantes da empresa que executará a obra.

O novo edifício terá cerca de 1.500m2 e aí serão investidos 3,3 milhões de euros, na construção e em equipamentos, cujo financiamento se enquadra no Sistema Regional de Transferência de Tecnologia do Alentejo.

Nesta fase, vai ser ampliado o espaço de incubação de empresas e o equipamento na nave de Bioenergia. Também serão criados laboratórios de multimédia e animação, de robótica, FabLab, entre outros.

Em final de mandato como Presidente do Politécnico de Portalegre, Albano Silva desafiou a CCDRA a continuar a viabilizar o investimento na incubadora do Politécnico, revelando que há interesse por parte de várias empresas da área da tecnologia em se estabelecerem aqui, caso venha a concretizar-se uma desejável terceira construção. No âmbito do novo quadro comunitário de apoio, o responsável pela CCDRA aceitou o repto!

A empreitada para construção da BioBIP2-TechTRANSFER, que agora se inicia, foi adjudicada à empresa Seconfral, sendo o prazo de execução da obra de 10 meses.

---[ Pub ]---