Lito Vidigal
   Publicidade   
   Publicidade   

No decorrer da partida disputada este domingo, no Funchal, perante o Marítimo, logo após o segundo golo benfiquista, o técnico Jorge Jesus correu para o banco insular e insurgiu-se contra o seu homólogo, Lito Vidigal, “Vai mas é treinar para Elvas”, refere o jornal Record na sua edição de hoje.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Face a esta crítica do técnico da Luz, por presumível antijogo do clube insular, a Direcção de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos veio esta manhã, em comunicado, replicar aquela reacção, referindo que estas “não podem passar sem resposta” por parte da Direcção azul e ouro.

Leia aqui o comunicado, na íntegra.

As considerações atribuídas a Jorge Jesus, na reação ao segundo golo do Benfica, na noite passada no Funchal, não podem passar sem resposta por parte da Direção de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos.

Em primeiro lugar, na defesa de um homem que, como jogador e treinador, se iniciou nesta cidade e neste clube, com elevados níveis de dedicação e profissionalismo, confirmados pelo percurso realizado até agora por Lito Vidigal.

Em segundo lugar, “O Elvas” repudia que o actual treinador de uma instituição secular com o palmarés nacional e internacional do SL Benfica se refira a esta cidade como destino, para desacreditar um colega de profissão. Elvas não gosta deste tipo de referência desvalorizadora. Os Elvenses têm orgulho no seu passado e exigem ser referenciados com respeito.

Além do mais, o nosso clube está satisfeito com a actual equipa técnica, por nos colocar na liderança do nosso campeonato, sem pontos perdidos, com o melhor ataque e a defesa menos batida, sempre com respeito por cada um dos nossos adversários.

O Clube Alentejano de Desportos expressa solidariedade a Lito Vidigal, em especial por não ter ripostado, de igual forma, à provocação do técnico adversário.

Por fim, recordamos a Jorge Jesus o investimento feito esta temporada, sem correspondência com resultados e exibições, o que não o poderia deixar confortável caso algum adepto do emblema da Luz lhe apontasse o caminho de ir treinar para a Amadora.

Elvas, 1 de Dezembro de 2020.
Paulo Canhão
(Presidente de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos)