Publicidade   
   Publicidade   

O Comando Distrital de Portalegre, da Polícia de Segurança Pública (PSP), apreendeu ontem, terça-feira, 21 de Maio, “um verdadeiro arsenal em armamento”, nas diligências de obtenção de prova que realizou em dois domicílios de Marvão.

   Publicidade   
   Publicidade   

A PSP informa que as diligências foram efectuadas no cumprimento a dois Mandados de Busca Domiciliária para outros tantos domicílios situados no concelho de Marvão.

Material apreendido:

  • 9 (nove) espingardas, sendo uma de Classe A, três de Classe C, quatro de Classe D e uma de Classe G;
  • 4 (quatro) pistolas, sendo três de Classe A e uma de Classe G;
  • 398 (trezentas e noventa e oito) munições de diversos calibres;
  • 1 (um) silenciador para arma de fogo;
  • 24 (vinte e quatro) armas brancas, sendo duas delas de Classe A;
  • Outros objectos e artefactos relacionados com a actividade cinegética.

Para além da posse de armas de Classe A não ser autorizado a civis, o principal suspeito da investigação e visado nesta diligência, não é titular de qualquer Licença que o habilite a deter ou portar qualquer uma das restantes arma de fogo.

O indivíduo, depois de constituído arguido e prestar TIR, foi restituído à liberdade, sendo notificado para comparecer no dia de hoje perante a Autoridade Judiciária.

A investigação segue os seus termos.

A operação, por ter lugar na área de jurisdição da Guarda Nacional Republicana, contou com o apoio daquela Força de Segurança e ainda de uma Equipa da Unidade Especial de Policia especializada em busca e detecção de objectos no subsolo.