Ministério Público acusa o cavaleiro João Moura de 18 crimes de maus tratos a animais

Maus tratos a animais de companhia
   Pub   
   Pub   
   Pub   

O Ministério Público (MP) junto do Tribunal de Portalegre acusou esta quarta-feira, 5 de Janeiro, o cavaleiro João Moura de 17 crimes de maus tratos a animais e um de maus tratos a animais agravado.

De acordo com nota da Procuradoria da República de Portalegre, requereu “o julgamento de 1 indivíduo, fortemente indiciado da prática de 17 (dezassete) crimes de maus tratos a animais de companhia e um 1 (um) crime de maus tratos a animais de companhia agravado, fatos ocorridos entre Dezembro de 2019 e Fevereiro de 2020, em Monforte, área desta comarca”.