Ministro-do-Ambiente-visita-Parque-Natural-da-Serra-de-São-Mamede-e-anuncia-mudanças-estruturais-no-plano-de-gestão-do-território
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

Esta sexta-feira, 22 de Maio, é o dia em que se assinala a importância da biodiversidade e o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, deslocou-se a Portalegre para uma reunião de trabalho no Centro de Congressos da Câmara Municipal de Portalegre e para uma visita ao Parque Natural da Serra de São Mamede.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Protecção dos territórios, valorização dos recursos locais, da biodiversidade como um todo, flora, fauna em que o humano tem um papel fundamental, estiveram no foco do discurso.

A proposta de um modelo de co-gestão entre os vários agentes como os Municípios de Portalegre, Castelo de Vide, Marvão e Arronches, ICNF entre outros agentes locais, como o Instituto Politécnico de Portalegre e Associações Ambientais e população, tendo sido apontada a data de 3 de Julho para assinatura de um protocolo, na Quinta dos Olhos D’ Água, de forma a concretizar o referido modelo de co-gestão.

Segundo João Pedro Marques Fernandes a população local, os seus agentes são quem melhor conhece, preserva os territórios, pelo que são fundamentais para a mudança e para enriquecer a biodiversidade e sustentabilidade do território, onde o humano se insere com as outras espécies, quer da fauna, quer da flora.

A pandemia gerada pela Covid-19 veio despertar ainda mais para a importância desta mudança, que sendo estrutural, será reformulada no seu plano, indo muito em breve a discussão pública.

Falou-se ainda de agilização de processos, fixação de população, agricultura biológica, oportunidade turística, cuja procura aumentou significativamente por esta altura e em incentivos para moldar este território, nesta nova perspectiva de maior respeito pela paisagem que nos envolve, valorizando os recursos naturais, dos quais também depende a saúde humana.

Existem já fundos de apoios que terão continuidade no início de Agosto, nas áreas florestais, biodiversidade, conservação da natureza, gestão da paisagem e protecção no que diz respeito a incêndios.

Para além do Ministro do Ambiente, estiveram sempre presentes o Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, os Autarcas de Portalegre, Castelo de Vide, Marvão e Arronches, o Presidente e a Directora Regional do ICNF, o Comandante do CDOS e os mais variados técnicos, numa visita que culminou na Quinta dos Olhos D’ Água, depois de um percurso pelo ponto mais alto da Serra, também Alegrete e São Julião, inseridos neste Parque Natural Norte Alentejano.