Início Sociedade Cultura Moita Flores lançou em Elvas o seu primeiro policial

Moita Flores lançou em Elvas o seu primeiro policial

COMPARTILHE

A cidade de Elvas foi escolhida pela editora Leya e por Francisco Moita Flores para o lançamento nacional do livro “O Mistério do Caso de Campolide”, o que aconteceu este sábado, dia 29, na papelaria Cidade Nova, a convite dos proprietários do espaço.

Este é o primeiro livro policial do escritor, e a data do lançamento foi escolhida também por se assinalar o centenário da Polícia de Investigação Criminal, tendo o escritor salientado “que desde pequeno me interessei e gostava de ler os livros policiais, Poirot, Agatha Christie, o comissário Maigret”, tendo assim optado por escrever o seu primeiro policial, depois de vários romances editados nos últimos anos.

Ao edil elvense, Nuno Mocinha, coube a apresentação da obra, tendo referido que é um livro “que nos leva até ao estado novo, até 1937, em que nos são contados todos os pormenores”, fazendo assim com que se consiga imaginar as cenas e os ambientes da época.

O autarca elvense agradeceu ainda a escolha de Elvas para este evento, salientando que foi com “imenso prazer que aceitei ler o livro para poder hoje aqui apresentá-lo, uma obra de muito fácil leitura e que nos prende”.

Após a apresentação do livro o escritor realizou a sessão de autógrafos, num evento em que compareceram dezenas de pessoas e que contou ainda com animação musical.

A história desenrola-se à volta da morte do industrial Álvaro Penaguião. Este, para celebrar o convite para integrar as listas da União Nacional, promove um jantar no seu palacete em Campolide com um grupo de amigos, destacadas figuras do Regime. A dada altura, o anfitrião sente-se indisposto e, instantes depois, está morto. Um dos presentes é médico e informa que o industrial foi fulminado por um enfarte. Mas na residência de Álvaro Penaguião houve quem achasse estranha aquela morte súbita, tendo chamado discretamente a PIC, a Polícia de Investigação Criminal.

O livro só vai estar disponível ao público a partir de 8 de Outubro.