Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, estratega do 25 de Abril

Otelo Saraiva de Carvalho
   Pub   
   Pub   
   Pub   

Otelo Saraiva de Carvalho, coronel de artilharia, morreu este domingo aos 84 anos. Foi responsável pelo plano de operações militares do 25 de Abril de 1974.

A morte de Otelo Saraiva de Carvalho, no Hospital Militar, foi confirmada à RTP por Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Figura carismática do Movimento das Forças Armadas e da Revolução de 1974, Otelo Saraiva de Carvalho encabeçou o sector operacional da Comissão Coordenadora e Executiva do Movimento dos Capitães. Foi autor do plano de operações do 25 de Abril, golpe que derrubou Marcelo Caetano e o que sobejava do regime do Estado Novo.

 Pub 
 Pub 
 Pub 

A partir do posto da Pontinha, no Regimento de Engenharia nº 1, dirigiu com outros militares as operações daquele dia. Ali esteve desde o anoitecer de 24 de Abril até ao dia 26.
Após a Revolução, foi nomeado comandante da Região Militar de Lisboa e do COPCON. Integrou o Conselho dos 20 e o Conselho da Revolução.

Foi candidato às presidenciais de 1976.

Na década de 1980, esteve na luta armada como membro da organização Forças Populares 25 de Abril. Em 1986 seria condenado a 15 anos de prisão por associação terrorista. Em 1991, recebeu um indulto. Os crimes foram amnistiados em 2004.

Otelo Saraiva de Carvalho nasceu em Lourenço Marques, actual Maputo, a capital de Moçambique, a 31 de Agosto de 1936. Foi mobilizado para Angola em 1961, como capitão de artilharia, e lá permaneceu em comissão de serviço até 1963.