Início Sociedade Política Movimento Cívico Por Elvas está indignado com atribuição de um pelouro a...

Movimento Cívico Por Elvas está indignado com atribuição de um pelouro a tempo inteiro a Sérgio Ventura

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

O Movimento Cívico Por Elvas (MCPE) manifestou estar indignado pela postura de Sérgio Ventura ao aceitar ser vereador a tempo inteiro no elenco liderado por Nuno Mocinha.

Sérgio Ventura foi eleito no último acto eleitoral pelo MCPE que agora se diz “traído” bem como “todos que votaram em nós”, refere o Movimento Cívico em comunicado enviado esta manhã às redacções.

“É triste porque estamos a assistir a mais uma atitude lamentavelmente egocêntrica que reforça o que o povo diz em relação a quem desempenha cargos políticos. Queremos no entanto assumir o nosso compromisso de lealdade perante todos os elvenses, a fim de merecermos a vossa confiança, já que o Vereador em causa deixou de ser elemento do movimento” lê-se no comunicado.

O MCPE refere também que a situação financeira da Câmara Municipal de Elvas “é de tal forma catastrófica que para além da venda da Herdade de D. João, pelo preço mínimo, já se propõe vender também em Hasta Pública, mais três prédios da propriedade da Autarquia”, e finaliza “estranha forma de «Elevar Elvas», em que se vende o que é dos elvenses ao desbarato”.

   Publicidade