Observatório-Geofísico-e-Astronómico-da-UC
   Publicidade   
   Publicidade   

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) foi criado em 2014, pela fusão do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Com a fusão, o IA tornou-se a maior unidade de investigação nacional na área, com classificação “Excelente” na última avaliação de Unidades de Investigação e Desenvolvimento organizadas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Agora o IA cresceu ainda mais, com a criação de um novo pólo na Universidade de Coimbra (UC), que ficará sediado nas instalações do Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (OGAUC), da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).

Para o coordenador do IA, José Afonso: “É com muito entusiasmo que o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço cresce para incluir investigadores na Universidade de Coimbra, que tem, ao longo dos anos, apoiado incansavelmente o desenvolvimento da investigação em Ciências do Universo.” O também professor na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa) acrescenta ainda que: “O fortalecimento desta área, em Portugal, tem resultado numa participação cada vez mais robusta, incluindo de liderança, nos maiores projectos internacionais, e estou seguro que faremos ainda mais e melhor durante os próximos anos.”

Os investigadores e investigadoras da Universidade de Coimbra que integram o novo pólo do IA vêm complementar as áreas já estabelecidas nesta unidade, acrescentando competências em física solar​ (com particular presença no projecto do Telescópio Solar Europeu – EST, incluindo a promoção da adesão plena de Portugal a essa infraestrutura europeia), na meteorologia espacial e na erosão espacial. A equipa da UC consolida assim a capacidade desta unidade de investigação, com vista a uma ainda maior intervenção e impacto internacionais.

Cláudia Cavadas, Vice-reitora da UC para a Investigação, demonstrou que houve: “grande interesse e entusiasmo em acolher o pólo do IA na Universidade de Coimbra, dando assim condições para potenciar a investigação que já se desenvolve na UC nesta área científica, elevando-nos para uma nova escala nacional e internacional, e reforçando as actividades desenvolvidas no Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra, bem como noutras Unidades I&D na UC”. Cavadas acrescenta ainda que: “a efectivação da UC como parte integrante deste centro de excelência é um passo importante no desenvolvimento da área do Espaço, que faz parte de uma das áreas estratégicas da UC: Digital, Indústria e Espaço”.

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

cultura, ciencia, tecnologia