Encontro Ciência 2019
   Publicidade   
   Publicidade   

O Ciência 2019 – Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal decorre em Lisboa já na próxima semana, de 8 a 10 de Julho, numa edição em que o Reino Unido é o país convidado.

   Publicidade   
   Publicidade   

O Centro de Congressos de Lisboa, em Belém, recebe a maior reunião anual de investigadores portugueses, que conta também com a participação de empresários, decisores políticos, estudantes e professores de todos os níveis de ensino.

O programa integra 120 sessões, 673 comunicações, 580 posters e 50 demonstrações onde os participantes ficarão a conhecer alguns projectos inovadores nas unidades de investigação do país.

2019 é um ano especial, repleto de celebrações científicas, que estarão em foco neste encontro e que têm sido abordadas na programação da Ciência Viva: os 100 anos da União Astronómica Internacional (IAU), os 50 anos da primeira aterragem do homem na Lua, os 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, os 150 anos da criação da Tabela Periódica dos Elementos Químicos e, por fim, os 100 anos da expedição de Arthur Eddington a São Tomé e Príncipe, que deu origem à BD promovida pela Ciência Viva As Luzes do Príncipe. A publicação escrita pelo investigador João Ramalho-Santos e ilustrada por Rui Tavares será distribuída a todos os participantes do Encontro Ciência 2019.

As sessões paralelas serão abertas por jovens que participaram em projectos desenvolvidos ou apoiados pela Ciência Viva, como por exemplo a Ocupação Científica dos Jovens nas Férias, o CanSat Portugal, o programa Escola Azul, o Concurso Europeu de Jovens Cientistas ou o projecto Eddington e o peso da luz, que possibilitou a alunos e professores portugueses conhecerem a realidade dos alunos de Príncipe, em São Tomé, numa verdadeira partilha de conhecimento.

No total são cerca de 60 jovens do ensino secundário que se destacaram pela qualidade do seu trabalho e que têm, assim, oportunidade de partilhar a sua experiência nestes projectos. Destacamos a participação da aluna Joana Silva, da Escola Básica de São Gonçalo de Torres Vedras, e da aluna Patrícia Martins Ribeiro, do TeSP – Curso Técnico Superior Profissional, no painel da sessão Plenária Transformação Digital, Inteligência Artificial e Competências Digitais, que acontece no dia 9 de Julho, às 17:50.

Esta edição contará ainda com uma novidade: o Tanque de Ideias. Estarão em votação sete projectos desenvolvidos por estudantes do ensino básico, secundário e superior desenvolvidos e focados na qualidade de vida ou na sustentabilidade ambiental. Os projectos podem ser votados por todos os participantes do Encontro Ciência 2019 através da App do evento, mais uma novidade na edição deste ano. A ideia mais votada receberá o maior financiamento.

A Ciência Viva apresentará quatro sessões paralelas neste encontro:

Na segunda feira, dia 8 (sala E, 14:00 – 15:30 e 15:30 às 17:00), será apresentada a “Rede de Clubes Ciência Viva”, um novo programa estruturante em colaboração com o Ministério da Educação. Na primeira sessão, Clubes Ciência Viva na Escola – Regresso ao Futuro, participam os investigadores Pedro Gil Ferreira (Oxford University, Reino Unido), Elvira Fortunato (Universidade Nova de Lisboa), Joana Moscoso (Native Scientist), Zita Martins (Instituto Superior Técnico), Mário Cachão (Universidade de Lisboa), e os antigos alunos da Ciência Viva, João Vasco Lopes, hoje responsável pelos projectos de Observação da Terra na empresa EDISOFT, e Joana Carneiro, estudante da Universidade Dundee.

Na segunda sessão, alguns dos parceiros dos Clubes Ciência viva debatem o desenvolvimento estratégico destas colaborações.

Na quarta feira, dia 10 (sala E, 11:30) será debatido Poder, sociedade e cultura científica com Marta Entradas (ISCTE – IUL), Rui Dias (Universidade de Évora e director do Centro Ciência Viva de Estremoz), e Bruno Navarro (Centro de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa e director do Museu do Côa – Centro Ciência Viva).

Segue-se às 14h00, no Auditório 2, O peso da luz na Expedição Ciência Viva à Ilha do Príncipe, em que destacamos as intervenções de Ana Simões (Centro Interuniversitário de História das Ciências e Tecnologia), José Pedro Mimoso (Instituto de Astronomia e Astrofísica) e o debate entre alunos e professores portugueses, brasileiros e são tomenses, com videoconferência para São Tomé e Sobral, moderado por Ana Noronha, da Ciência Viva.

O Encontro Ciência 2019 é promovido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia em colaboração com a Ciência Viva e a Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, tendo o apoio institucional do Governo através do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Programa e inscrições em www.encontrociencia.pt

Ciência na Imprensa Regional – Ciência Viva