A Páscoa e as tradições no Alto Alentejo

Toda a natureza se enfeita de cores e perfumes para festejar este tempo de alegria. A Ressurreição de Jesus Cristo é a festa maior do calendário religioso católico. Por todo...

Cantar os Reis e Janeiras – as nossas tradições

Soam pela calada da noite, apesar do frio e da geada próprias deste tempo, lindas vozes que procuram manter bem vivas as tradições que os nossos antepassados, religiosamente, nos...
Coronavirus-positive

Testei positivo ao Covid19…e agora?

Longe estaria da minha vontade, algum dia escrever este título, em algum dos meus escritos. Na vida, nem só o que desejamos de bom, nos acontece. A outra face da...

Edu, um jovem elvense em sofrimento

Diz-se, na gíria, que «no nascer e no morrer, somos todos iguais». A realidade, porém, mostra-nos como as diferenças existem e nem sempre são fáceis de superar. Uma criança que nasça...

O papel do Professor na sociedade

Longe vai o tempo em que o professor era considerado pela população como alguém com autoridade e a quem  respeitava de uma forma bastante especial. Os tempos vão mudando mas...

Santa Eulália e Elvas recebem escritores de Espanha!

Aqui volto de novo para vos falar de uma obra preparada durante este tempo de pandemia e da qual fazem parte escritores e artistas de Portugal e Espanha. Apesar da...
Elvas, muralhas

Elvas insultada

Minha cidade tão bela e antiga, com tantos momentos de glória no passado, hoje vive atacada por gente indigna, de tudo capaz: caluniar, apunhalar pelas costas, difamar. Por vezes nem...

Alma alentejana (I)

Corre nas minhas veias o mais puro sangue alentejano. Tão puro que chego a pensar pertencer a uma «nova espécie!», amorosamente, por Deus criada! Ao ler alguns pensamentos publicados no...

A Poesia – Dia Mundial da Poesia

Escrevo poesia porque, de outra forma, minha alma não conseguiria exprimir os sentimentos, as vivências do meu dia a dia. Ela nasceu comigo mas durante muitos anos se escondeu, inocente, num sóbrio abrigo. Não desistiu de na minha vida...

Príncipe Feliz III parte (para crianças do 4º ano de escolaridade)

-Obrigado, boa amiga, Pela tua generosidade ! Temos muito para fazer Nesta pobre cidade! -Hoje vais retirar Esta bela safira Que vês no meu olho brilhar... Eu te digo a quem a vais dar ! -Como posso...