Publicidade   
   Publicidade   

A Ministra da Cultura entregou hoje a Medalha de Mérito Cultural à artista Paula Rego, no seu atelier, em Londres.

   Pub 
   Pub 
   Pub 

Na ocasião, Graça Fonseca destacou uma artista extraordinária, que pinta a vida como ela é, e que sempre procurou transformar a realidade através da arte. A sua obra reflecte assim os grandes desafios morais da humanidade numa demonstração corajosa de atenção às questões políticas mais relevantes em cada época: Da condição da mulher à guerra e ao aborto, por exemplo.

Na sua obra, Paula Rego cruzou várias disciplinas artísticas – Pintura, Literatura, Cinema, Teatro -, afirmando-se como um nome incontornável da arte contemporânea europeia. Por isso, a Ministra da Cultura aproveitou ainda o momento para transmitir à pintora que, em 2021, ano em que Portugal preside à União Europeia, a Cultura privilegiará um programa dedicado às Mulheres nas Artes, estando já prevista uma grande exposição com curadoria de Helena de Freitas. O objectivo dessa grande mostra é olhar e reflectir sobre o percurso das mulheres portuguesas nas artes plásticas desde o início do Séc XX até à actualidade.

A Ministra da Cultura lembrou que a artista recebeu já diversas distinções, faltando ainda este reconhecimento do Governo português.

Amanhã, pelas 11h00, Graça Fonseca visitará a exposição Paula Rego: Obdience and Defiance, na Milton Keynes Gallery.