Início Desporto Pawel Bernas vence “Alentejana” agitada

Pawel Bernas vence “Alentejana” agitada

COMPARTILHE
   Publicidade   

Ao fim de cinco dias de competição, centenas de pessoas aplaudiram os melhores da “Alentejana”,em Reguengos de Monsaraz, e consagraram o polaco Pawel Bernas (Activejet Team) como vencedor da 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros.5a etapa _ vencedor _ Pawel bernas 01 - Alentejana

O triunfo na derradeira etapa que começou, este domingo, 29 de Março, em Alcácer do Sal, coube a Johim Ariesen (Metec-TKH Continental). O holandês de 27 anos, à semelhança do triunfo em Mértola na terceira etapa, venceu na discussão ao sprint. Atrás de Johim Ariesen terminou Samuel Caldeira (W52/Quinta da Lixa) e Daniel Freitas (Anicolor).

Pawel Bernas chegou à liderança da Volta ao Alentejo no penúltimo dia de competição e, este domingo, na defesa do título ainda sprintou na primeira meta volante em Montemor-o-Novo onde acumulou dois segundos de bonificação que somou aos cinco que já trazia de vantagem sobre o segundo classificado, Delio Fernandez (W52-Quinta da Lixa). Bermas confessou que a equipa Activejet Team andou sempre atenta na etapa: “Tivemos de andar sempre na frente, a controlar todas as situações. Esta prova foi louca, com muitos nervos, quedas e corrida a grande velocidade! Mas foi um mês perfeito para nós ao terminarmos comais esta vitória. ” Depois de um primeiro triunfo no Grande Prémio Liberty Seguros – Troféu Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, no passado fim-de-semana, Bernas sai de Portugal com vontade de regressar: “É um país muito tranquilo, as pessoas são muito simpáticas, sobretudo os corredores. Os hotéis e a comida são óptimos, e as organizações são muito profissionais, só nos temos de preocupar com o nosso trabalho!”, rematou.

Nas contas finais da edição de 2015 da Volta ao Alentejo, Delio Fernandez (W52/Quinta da Lixa) ocupou o segundo lugar e James Oram (Team Axeon), que venceu a primeira etapa, fechou o pódio final da “Alentejana”. É preciso descer apenas um degrau na classificação para encontrar um trio de portugueses que ficou à porta da glória na 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros: Samuel Caldeira (W52/Quinta da Lixa), Manuel Cardoso (Team Tavira) e Sérgio Sousa (LA Alumínios/Antarte) ocuparam o quarto, quinto e sexto lugares.

5a etapa _ vencedores camisolas01 - AlentejanaJá se sabe, o símbolo maior da Alentejana, a Camisola Amarela Liberty Seguros viaja com Pawel Bernas (Activejet Team) para a Polónia. A Camisola Castanha Delta Cafés, que premiou o melhor trepador, foi entregue pelo segundo ano consecutivo, a Bayron Gama (Ecuador). O neozelandês James Oram (Team Axeon) foi o melhor jovem em prova, venceu a Camisola Branca RTP. Samuel Caldeira (W52/Quinta da Lixa) foi o único português a vencer uma classificação e vestiu a Camisola Verde Crédito Agrícola dos pontos por ser o mais regular.

Na derradeira etapa registo final para mais uma fuga que animou praticamente toda a tirada. Guillaume Boivin (Team Optum), Unai Intziarte (Murias-Taldea), José de Segovia (Louletano-Ray Just Energy) e Sjoerd Kouwenhoven (Metec-TKH Continental Team) iniciaram, ao quilómetro 59, uma longa luta contra o pelotão que terminou apenas nos derradeiros metros da “Alentejana”. O quarteto teve a vantagem máxima de 5 minutos e contribuiu para a média de 43 Km/h conseguida na última jornada da 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros.

Fonte: Podium

[spacer style=”3″]

   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade