Início Actual Pela mudança da forma de pagamento do lixo urbano

Pela mudança da forma de pagamento do lixo urbano

A DECO PROTESTE lança uma campanha www.lixosemagua.pt que pede a todas as câmaras do país que, até 2020, definam um sistema e tarifário mais justo para o serviço dos resíduos.

COMPARTILHE
   Publicidade   
   Publicidade   

A Deco Proteste lançou uma campanha em www.lixosemagua.pt na qual pede a todas as câmaras do país que, até 2020, definam um sistema e tarifário mais justo para o serviço dos resíduos.

Em causa está, desde logo, o sistema actual, seguido pela maioria das autarquias portuguesas, de indexação da cobrança do valor dos resíduos ao volume de água consumido por cada consumidor. Ou seja, independentemente, de o consumidor ter um comportamento ambientalmente responsável, de separar o seu lixo, de contribuir para a respectiva reciclagem, a actual forma de pagamento estabelece uma relação cega com o volume de água.

A  oposição da DECO a este racional, que considera injusto, sem fundamento e que penaliza os consumidores ambientalmente responsáveis, não é de agora. Já aquando da discussão do Regulamento Tarifário a Defesa do Consumidor manifestou a sua discordância junto da ERSAR.

Para a DECO é fundamental continuar a apoiar comportamentos ambientalmente responsáveis e é fundamental aumentar os níveis de separação e reciclagem de resíduos.

A alteração deste quadro, é o mote principal da sua campanha. Sabemos que as autarquias até 2020 têm de definir um novo caminho e encontrar novas soluções.

A DECO afirma lutar publicamente por soluções mais justas e verdadeiramente orientadas para o reconhecimento de condutas ambientalmente responsáveis e sustentadas.

Esta campanha www.lixosemagua.pt estará online até 30 de Novembro. A DECO conta com todos os consumidores para tornar o nosso país num lugar melhor e mais justo!

   Publicidade