Portalegre | Antigo palacete do século XIX ‘renasce’ como hotel de luxo

Portalegre Palace
   Pub   
   Pub   
   Pub   

Um antigo palacete do século XIX, em Portalegre, foi transformado num hotel de luxo, a inaugurar no dia 23 deste mês, após um investimento superior a dois milhões de euros, anunciaram hoje os promotores do projecto.

O novo hotel, designado Portalegre Palace, situa-se no centro daquela cidade alentejana e o projecto foi desenvolvido pelo empresário Helder Martins e sua família, após a aquisição, em 2018, do imóvel, mandado construir pelo visconde do Reguengo general Jorge de Avilez Juzarte de Sousa Tavares.

“A ideia não passou por ter projectos novos na cidade, mas sim por recuperar património que já existe, que estava desvalorizado, devoluto”, explicou hoje à agência Lusa o director-geral da unidade hoteleira, Nelson Carvalho.

 Pub 
 Pub 
 Pub 

Além de ser um edifício “com história”, Nelson Carvalho sublinhou que se trata de um imóvel situado no centro da cidade, com um jardim com 600 metros quadrados, e que o projecto hoteleiro tem uma filosofia direccionada para as famílias e para o lazer.

“É o melhor de dois mundos. Estamos no centro da cidade, mas temos 600 metros quadrados de espaços verdes e de recreio”, sublinhou.

Num projecto assente em três pilares, mais precisamente a valorização do património, valorização das pessoas (habitantes e funcionários) e valorização dos produtos gastronómicos, o Portalegre Palace é constituído por 11 quartos, nove deles suítes.

“Os quartos têm uma dimensão muito interessante do ponto de vista familiar”, porque “temos unidades de alojamento com praticamente 100 metros quadrados, com dois quartos, duas casas de banho e isto permite que venham famílias mais alargadas”, destacou o director-geral.

A unidade hoteleira, apostada em conquistar os mercados nacional e espanhol, “não vai ter restaurante”, mas vai ter outro tipo de oferta, como “pequenos-almoços fora do conceito” tradicional de um hotel, disse Nelson Carvalho.

De acordo com o responsável, uma oficina de doces tradicionais, piscina, jacuzzis, sauna e spa são outras das valências que o hotel vai ter para oferecer.

“No spa, vamos ter uma torre de gelo, um das primeiras a ser instalada no país. Estamos a falar de tratamentos que funcionam para quem quer rejuvenescer e revitalizar, com choques térmicos, um tratamento muito utilizado por atletas”, exemplificou.

Os promotores do investimento referiram ainda que esperam vir a desenvolver um serviço de chá aberto à população, entre as 16:00 e as 18:00, com prova de queijos, doces conventuais, entre outros produtos.

“Depois, temos um outro espaço, onde existia a garrafeira do palacete, para desenvolver um espaço de tertúlia, entre as 18:00 e as 20:00”, disponível por exemplo para “quem quiser vir fazer uma prova de vinhos comentada por um produtor”, indicou.

Nesta fase inicial, o Portalegre Palace, cuja inauguração está marcada para as 18:30 do próximo dia 23, vai criar 10 postos de trabalho, planeando aumentar esse número num futuro próximo.