Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve esta terça-feira, 19 de Janeiro, na zona de Portalegre, seis pessoas por suspeita da prática do crime de corrupção.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

As detenções foram realizadas na zona de Portalegre e ocorreram na sequência de uma investigação conduzida exclusivamente pela GNR, através da Unidade de Acção Fiscal, e coordenada pelo Ministério Público (Departamento de Investigação e Acção Penal de Évora).

Os três militares detidos, que segundo fonte oficial do comando geral da GNR são um oficial do comando de Portalegre e dos guardas da zona, um do destacamento de Trânsito e outro do destacamento fiscal, faziam parte de um grupo constituído por mais três civis, que, alegadamente, recebiam subornos para violar os deveres funcionais a que os militares estavam obrigados.

Relativamente aos militares envolvidos, além do processo criminal, será ainda aberto o competente procedimento disciplinar.