PSP-assinala-Dia-do-Planeta-Terra
   Publicidade   
   Publicidade   

Assinala-se no dia 22 de Abril o Dia Internacional da Terra, criado em 1970 e que ganhou dimensão internacional na década de 90, o qual tem por objectivo alertar todos os cidadãos para a importância e necessidade de preservar os recursos naturais.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Este ano, este dia será dedicado à temática Recuperar a Terra.

A Polícia de Segurança Pública (PSP), por intermédio dos Polícias integrados mas Brigadas de Protecção Ambiental (BRIPA’s), concretiza nesse dia mais uma operação nacional Planeta Azul, promovendo acções de informação e de fiscalização no quadro da protecção do ambiente, visando consciencializar todas as pessoas e entidades para o papel essencial de cada um de nós na preservação do planeta.

No contexto da recuperação do planeta, afigura-se essencial o respeito pela fauna e flora, autóctone ou não, no sentido de permitir que as populações em estado livre sejam sustentáveis e as espécies não entrem em risco ou mesmo que se extingam nos habitats naturais.

A PSP alerta todos os cidadãos para a necessidade de, ao pretenderem adquirir ou acolher quaisquer animais ou plantas, especialmente se se tratar de espécies selvagens não autóctones, verificarem previamente se se tratam de espécies não protegidas e ou em sério risco de extinção.

As espécies, de fauna e flora, sob protecção encontram-se discriminadas em:

· anexos A, B, C e D do Regulamento (UE) Nº 101/2012 da Comissão de 6 de Fevereiro de 2012.

E,

· anexos I, II e III da Convenção Cites (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção, acordo internacional ao qual já aderiram 180 Estados): ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

A PSP desenvolve, desde 2015, o Projecto Defesa Animal, especialmente dedicado à protecção dos animais de companhia e assegurado pelas Brigadas de Protecção Ambiental (BRIPA), para o qual poderão ser direccionadas as dúvidas e situações de incumprimento detectadas pelos cidadãos.