Publicidade   
   Publicidade   

O departamento de Armas e Explosivos da Polícia de Segurança Pública (PSP) procedeu esta sexta-feira, 2 de Maio, à destruição de mais um conjunto de armas de fogo e de armas brancas, num total de 2.476, informou a PSP.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

As armas destruídas foram previamente declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, contra ordenação ou administrativos, depois de terem sido apreendidas pela PSP, a nível nacional, em especial em crimes violentos com emprego de armas de fogo e demais ilícitos conexos. Integraram ainda o referido lote as armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

Tratou-se da quarta destruição de armas levada a cabo pela PSP, no corrente ano, numa média de uma acção por mês perfazendo um total de 9943 armas de fogo e 1256 armas brancas, num total nacional de 11.199 armas destruídas em 2014.

Neste lote, cerca de 600 armas foram recolhidas no Comando Regional da PSP dos Açores, durante o mês de Março de 2014 e transportadas em contentores próprios pela Marinha Portuguesa, a quem a A PSP agradece a excelente colaboração.