Publicidade   
   Publicidade   

Os alojamentos turísticos no concelho de Reguengos de Monsaraz registaram 57.852 dormidas em 2017, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística. Em toda a região do Alentejo, o número de dormidas apenas é superior a Reguengos de Monsaraz nos concelhos interiores de Évora, Beja e Elvas, e nos do litoral de Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines.

   Publicidade   
   Publicidade   

Reguengos de Monsaraz é assim o segundo concelho do Alentejo central com maior número de dormidas, posição que mantém desde 2015, sendo apenas suplantado por Évora. De acordo com o INE, em 2010 Reguengos de Monsaraz recebeu 6.662 dormidas e no ano seguinte quase duplicou para 12.290 noites ocupadas nos alojamentos turísticos. Em 2017 houve um aumento de 14.957 dormidas, comparativamente com o ano anterior, que foi de 42.895.

Há 10 anos, a região Alentejo recebeu cerca de 900 mil dormidas nos alojamentos turísticos, enquanto em 2017 foram quase 2,3 milhões. O concelho de Reguengos de Monsaraz tem actualmente registados 87 alojamentos no Turismo de Portugal e mais de 1200 camas turísticas, um crescimento superior a 50 por cento nos últimos dois anos.

No concelho, os turistas visitam a vila medieval de Monsaraz, o Centro Oleiro de S. Pedro do Corval, os produtores de vinho e os seus enoturismos, os monumentos megalíticos, mas também desfrutam da gastronomia, da natureza, da praia fluvial de Monsaraz e do Grande Lago Alqueva, onde podem passear de barco e praticar desportos náuticos.