Saúde: Hospital de Elvas vai receber Clínica de Alta Resolução

O Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, deu os parabéns aos intervenientes na Clínica de Alta Resolução ©Elvasnews

O Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, esteve esta quarta-feira, 18 de Maio, em visita ao Alentejo com passagem por Elvas para conhecer o projecto de Intervenção no Hospital de Santa Luzia de Elvas (HSL) – Clínica de Alta Resolução.

Manuel Delgado, Secretário de Estado da Saúde ©Elvasnews
Manuel Delgado, Secretário de Estado da Saúde ©Elvasnews

Manuel Delgado entende que este é um “projecto importante em matéria de acesso dos cidadãos a cuidados de saúde” pois “a Unidade Local de Saúde e o Hospital de Elvas estão muito empenhados em diminuir os tempos de espera dos doentes”. O governante esclareceu depois que “a expressão Alta Resolução significa que quando um doente vem por uma patologia específica, por exemplo na área gastroenterológica ou na área urológica, ele é objecto de um conjunto de passos necessários desde o diagnóstico até ao início da terapêutica no próprio dia” o que facilita em muito “a vida às pessoas”.

Manuel Delgado, Secretário de Estado da Saúde

O Director Regional de Saúde do Alentejo (ARS), José Robalo, frisou também que cada vez mais “a cirurgia é de ambulatório” e daí que “precisamos de nos adaptar” pois na maior parte das cirurgias “a pessoa entra de manhã e sai à noite” daí que “nos temos que adaptar as nossas instituições para responder também a essa especificidade.

José Robalo diz que “este projecto que foi acariciado por imensas pessoas” é um projecto que pode fazer a diferença e é fundamental que se transforme numa marca” e justificou “que o Hospital de Elvas seja reconhecido por uma abordagem inovadora em termos de resposta e de rentabilização de recursos no Serviço Nacional de Saúde”. O Director Regional acha que este projecto “tem uma capacidade de progressão muito elevada e pode ser atractivo até para alguns profissionais de saúde”.

José Robalo, Director Regional de Saúde do Alentejo

Nuno Mocinha, Presidente da CME ©Elvasnews
Nuno Mocinha, Presidente da CME ©Elvasnews

Também Nuno Mocinha, Presidente da Câmara Municipal de Elvas (CME), se pronunciou dizendo estar satisfeito pois “é sempre bom termos um membro do Governo […] que acabou por dar os parabéns a todos os que estão envolvidos nesta Clínica de Alta Resolução, porque é diferenciadora dos cuidados de saúde e pode vir a resolver, em muito, as listas de espera e os cuidados que são dados à nossa população”.

Das três preocupações para o concelho de Elvas e limítrofes e em especial para o HSL “uma era que quem quisesse vir ao HSL pudesse vir, está resolvida” disse Nuno Mocinha. Outra prende-se com a Clínica de Alta Resolução e “está em andamento” com o “projecto feito e assim que abrirem os avisos em termos de fundos comunitários é apresentado e será uma realidade com certeza” concretizou o edil que a terminar salientou “temos de continuar a lutar é pela outra, que tem a ver com as urgências a reclassificação da urgência”. “É uma questão de tempo” concluiu Nuno Mocinha.

Nuno Mocinha, Presidente da CME

A Presidente do Conselho de Administração da ULSNA, Dorinda Calha, referiu também que “este projecto é fundamental, pois as consultas externas passam a ter lugar só num piso em vez de dois, pois o espaço permite fazer um avançado. As Urgências têm actualmente instalações precárias; aqui também vamos fazer um avançado, com área de pediatria e consulta gerais”, disse.

“Das quatro camas existentes passam a nove; apenas possuímos um cadeirão, passamos a contar com seis; passamos a ter duas salas de exames, em vez de uma; e ainda um aumento de área” disse o Director de Departamento da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Vasco Carvalho.

Clínica de Alta Resolução

Objectivo:
Aumento da capacidade instalada para a prestação de cuidados cirúrgicos de ambulatório, introdução de novas especialidades e técnicas, aumento do volume de produção de meios complementares de diagnósticos e terapêuticas, melhoria das condições hoteleiras para os utentes, requalificação do bloco operatório, melhoria da condições de acondicionamento de equipamentos higiénicos, redefinição dos circuitos internos e por ultimo remodelação da área de recobro.

Quem está envolvido:
Este projecto resulta da união de nove municípios com o “Coração Delta”. O protocolo de Reestruturação do Ambulatório do Hospital de Elvas em Clínica de Alta Resolução” foi assinado a 8 de Maio de 2015 e contou com a presença do ex-ministro da Saúde, Paulo Macedo, e dos autarcas de Elvas, Arronches, Monforte, Campo Maior, Sousel, Alandroal, Borba, Estremoz e Vila Viçosa, a Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARSA), a ULSNA e o “Coração Delta”.

Esta iniciativa resulta em 30 mil consultas anuais e em 5500 exames no mínimo e que se deve apostar no caminho da endoscopia, pneumologia e urologia sendo um desafio muito centrado no ambulatório e deve aproveitar a acessibilidade, dar facilidade aos utentes para irem às consultas e facilidade para chegar aos exames finais.