Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

A Universidade Sénior de Sousel associou-se recentemente, ao projecto internacional “Dress a Girl Around The World”. O projecto nasceu em 2009 nos Estados Unidos da América e foi trazido para Portugal em 2016, dependendo totalmente de apoio voluntário.

   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 
   Pub 

Para Sílvia Eliseu, vereadora da Câmara Municipal “o facto de estarmos a ajudar é, por si só, muito gratificante. Saber que, com estes vestidos feitos pelas nossas alunas, vamos colher sorrisos de meninas que têm tão pouco, enche-nos o coração. Para além disso, transformámos uma disciplina numa missão, porque agora as alunas sentem uma responsabilidade acrescida, pois sabem que estão a dar um pouco mais de dignidade, esperança e protecção a meninas desfavorecidas”, salientou.

Este projecto reveste-se de enorme relevância pois, para muitas meninas esta é a primeira peça de roupa nova que alguma vez vestiram.

Para concretizar esta “missão”, a autarquia adquiriu tecidos que serão trabalhados por um grupo de alunas, segundo moldes específicos da “Dress a Girl Around the World”, na aula de costura criativa. “Para estas senhoras, esta aula é também uma terapia” afirma a autarca que defende que este protejo devolve um “sentimento de utilidade às voluntárias, ao mesmo tempo que permite o convívio entre as envolvidas”.

Além dos vestidos, vão também ser confeccionados calções para os meninos. De salientar, que todas as peças têm a etiqueta da “Dress a Girl” no bolso dos vestidos e dos calções, que mostra que uma ONG está a cuidar daquelas crianças, afastando os predadores.