Publicidade   
   Publicidade   

Há poucos dias Moçambique viveu um tragédia de enormes dimensões. A passagem do ciclone Idai pela cidade e província da Beira provocou centenas de mortes, milhares de desalojados e um rasto de grande destruição.

   Publicidade   
   Publicidade   

Em Elvas, a associação cultural Um Coletivo vai solidarizar-se com os moçambicanos promovendo uma apresentação do espectáculo “Escuridão Bonita” pelas 18h00 do próximo domingo 31 de Março na Casa Tangente, na Rua Martim Mendes.

Quem passar pela Casa Tangente ao final da tarde do último dia de Março pode contribuir de duas formas: através de donativo em dinheiro e/ou entregando peças de roupa em bom estado mas que já não estejam em uso.

Todos os donativos em valor e espécie serão entregues por Um Coletivo aos CTT e enviados depois para a Missão da Cruz Vermelha em Moçambique.

“Escuridão Bonita” é uma criação de Cátia Terrinca e João P. Nunes, com interpretação de Cátia Terrinca, produção de Márcia Conceição e sonoplastia de João P. Nunes, a partir de composições originais de Alexandre Vaz e João Filipe. Uma história “muito cheia de cheirinhos, sabores e abraços indolores”, feita a pensar em público de todas as idades e que, por isso, é particularmente indicada para este momento de solidariedade e dádiva.